Segurar o Boca pra não queimar a língua... evitar a festa também ajuda!

♠ Publicado por Daniel Keppler em ,,,,, às 20:32
Essa semana tem sido de intensas trocas de sentimentos a respeito dessa final de Libertadores. É o lado ruim de uma final perfeita, ela acontece contra o melhor rival possível (ou  quase... poderia ter sido contra um dos "grandes de SP), e quando se trata de time grande, perder é sempre uma possibilidade real.

Acontece que perder, agora, é mais do que um balde de água fria... é a morte antes da hora. É o milagre da multiplicação das piadinhas infames dos antis... de tal forma que nossa vontade seria uma só: fugir, pra bem longe! Não é por aí???

Você já pensou no cenário do dia 5 de julho em caso de derrota? Comecei a pensar, mas parei dois segundos depois. Ruim demais! Não quero perder, e meu coração corinthiano tá muito confiante...

Mas pra evitar isso, temos que colaborar, e é nessa hora que o cérebro começa a funcionar...

NÃO PODEMOS DAR BRECHA PRA PROVOCAÇÕES! NENHUMA BRECHA!!!

Pra isso já existem imbecis que, por exemplo, tiram fotinhos limpando o chão com a camisa do Boca... não é, Dani Bolina?

Nós, da Nação Corinthiana, PRECISAMOS manter a compostura e não dar motivos pro Boca vir a São Paulo com sangue nos olhos.

Porque o Boca já é diferente quando joga fora... em final de Libertadores, é mais motivado ainda... se sofrer provocações então!

Digo isso pois o cenário montado em São Paulo cada vez mais é o de "FESTA DA VITÓRIA"... tudo na vida do paulistano essa semana está começando a mudar em função da nossa quase conquista.

Nisso eu incluo a perigosa (NECESSÁRIA, mas perigosa) decisão de montar a Arena Corinthians no Anhembi, com parceria da Brahma e preços populares... shows antes do jogo e promessa de festa depois.

Sei que é uma pena que somente 34 ou 35 mil corinthianos (de um total de 33 milhões) vão poder presenciar o jogo final no Pacaembu. É triste, sim...

Mas pros adversários usarem isso como forma de motivação é um pulo. Se a gente comprar a provocação e atiçar mais ainda... não sei como os argentinos podem entrar em campo, pra jogar o jogo. Não se pode esquecer que esse TAMBÉM É o jogo da vida deles!!!

Beleza, o Boca Juniors não é um bicho papão, provou isso na quarta. Mas não é de se jogar fora. O Corinthians deve ter muito cuidado e deve tomar todas as precauções e mais um pouco, dentro do campo.

Mas a guerra começa antes. Começa AQUI, FORA DAS QUATRO LINHAS.

E nessa guerra, o primeiro chute é nosso. Não vamos dar o contra-ataque pra eles... precisamos cumprir a nossa parte e simplesmente torcer... como um fiel torcedor... até o apito final. Depois sim, a festa!

Pra que as lágrimas que caírem dos nossos rostos sejam realmente de alívio e muita alegria!

E Vai Corinthians!!

1 comentários:

  1. Muito bom...como eu digo sempre...comemoro depois do jogo, a cada conquista. Cantar vitória antes da hora nunca deu certo. E VAI CORINTHIANS!!!!

    ResponderExcluir