Acabou a ressaca... dos jogadores e da diretoria!

Afinal, antes tarde do que nunca, certo?

A vitória contra o Náutico, para festa dos mais de 23 mil fiéis no Pacaembu, era mais do que urgente, principalmente para que o grupo pudesse perceber que, não, o título da Libertadores não foi fruto de uma boa fase do time, mas sim, resultado natural de um bom trabalho realizado por Tite e cia, trabalho esse que começou em 2010 mas ainda não acabou!

Finalmente os jogadores dão mostras de que não pensam em Chelsea e em Mundial tanto assim a ponto de esquecer que entre esses hoje e dezembro, faltam "somente" 30 jogos de um dos torneios mais importantes e equilibrados do mundo.

Justamente por ser equilibrado, é que precisávamos acordar logo... quem sabe não conseguimos ainda disputar esse título? Ganhamos ano passado com 71 pontos... o que quer dizer que precisaríamos de 21 vitórias nos 30 jogos que faltam. Impossível?

Bom, contra o Náutico o que se viu foi um time bem mais equilibrado e focado do que nas outras rodadas; não perdeu a cabeça com o gol sofrido aos 20 minutos, e teve consciência para virar o placar e controlar o adversário.

Não que não tenhamos sofrido sustos - sempre sofreremos sustos rsrs - mas pelo menos hoje em dia a torcida tem muito mais confiança na vitória. Finalmente vimos esse espírito em um jogo no Brasileirão.

Destaques para Danilo, Romarinho e Emerson - o entrosamento entre eles parece cada vez mais refinado; tá começando a dar gosto de ver!!!

Enquanto no campo, os jogadores mostram que voltaram ao rumo certo, fora dele a diretoria parece ter acordado enfim!

O marasmo de Mario Gobbi e cia em abrir a carteira e começar a reforçar o time com jogadores à altura dos nossos futuros desafios foi alvo de críticas nos últimos dias, minhas (aqui)e de toda a Fiel Torcida, penso eu. Não fazia sentido arrecadarmos tanta grana pra insistir em contratar jogadores sem nome, em deixar passar tantas oportunidades a troco de economizar alguns milhões...

Finalmente a diretoria foi profissional e agiu como tal; foi rápida nas negociações com Paolo Guerrero e Carlos Martinez, aceitou que precisaria gastar para trazê-los e abriu a mão: R$ 7,5 milhões por um e R$ 6 milhões pelo outro. Bons valores, pelo custo-benefício que se prevê.

Ainda temos boas possibilidades com Nenê (do Paris Saint-Germain-FRA) e Guilherme (da Portuguesa), sendo que o segundo é mais fácil do que o primeiro. Mas é bom ver que a postura da diretoria mudou, e que finalmente ela parece ter percebido que, sem gastar, não dá pra montar um elenco de qualidade. Ponto pra diretoria!

Sem falar na perfeita negociação que levou à renovação até 2015 de Paulinho e Ralf! Havia muitos interessados nessas vendas, muitos mesmo... mas o Corinthians conseguiu fazer com que os jogadores literalmente abrissem mão de receber mais pela oportunidade de virarem lendas no Timão... sem falar nos quase R$ 40 milhões de reais que o Corinthians negou pela venda dos dois, vindas das ofertas de Fiorentina e Internazionale de Milão... vencemos a batalha contra os empresários e investidores!

Os R$ 350 mil por mês que esses jogadores passarão a receber são muito mais do que justos; eles não só merecem como até deviam receber retroativos desde o começo da Libertadores!!! kkkkk

A essa altura, nem a provável venda do Alex faz taaanta diferença assim... mesmo porque, pelo jeito, ele não tá fazendo tanta questão de ficar. E pra ficar no Corinthians sem vontade, é melhor ir mesmo... e boa sorte no Qatar.

Vamos ver agora se a boa fase continua! Porque ainda dá pra sonhar com o hexa!

Vai Corinthians!!!

0 comentários:

Postar um comentário