O Ganso merece um time que o valorize de verdade

Já virou rotina. Desde 2010, toda vez que se fala de renovação de contrato entre Ganso e Santos, os lados não se acertam, e correm rumores de transferência para tudo o que é lugar.

Evidente que o Corinthians estaria entre esses "destinos". Sempre como rumor.

Mas dessa vez a coisa parece diferente. Talvez por se tratar do atual campeão da Liberta (a maior vitrine do Brasil no momento)... talvez pela oportunidade de disputar novamente o Mundial. O fato é que pela primeira vez fica transparente a disposição da DIS em criar condições para a transferência do rapaz para qualquer lugar. E como um dos destinos pode o Timão, vamos analisar.

A situação do rapaz lá em Santos (cidade de onde escrevo) parece insustentável. A ponto do presidente de seu clube afirmar categoricamente que ele não quer mais jogar pelo time e que não se importa de onde vem o cheque pela sua compra. Ou seja, não se importa que um rival o comprasse.

Se for verdade, é um claro sinal de desprezo, pois não se preocupa com o que Ganso poderia fazer em outro time. Como se o Ganso tivesse se esquecido de como jogar bola.

Só que ele não se esqueceu... isso não existe...

Parece que ninguém na Baixada quer enxergar - ou por ingenuidade ou por vergonha de ver que fez besteira - que a queda de rendimento do Ganso é simplesmente porque ele NÃO QUER MAIS JOGAR pelo Santos. E o motivo é financeiro.

Um jogador que até ontem era maestro da bola, indispensável para seu clube e para a Seleção, não poderia em questão de meses se transformar em um jogador comum, totalmente inútil e descartável...

Desde 2009, 2010, percebia-se que o cara era diferenciado. Tinha tino para o jogo. Sabia onde colocar a bola. Negou-se a sair de campo na final do Paulistão contra o Santo André (aquela onde o juiz garfou este e deu o título aos santistas). Via-se ali que, além de craque, o Ganso era raçudo.

Devo dizer que NEM A LESÃO tirou a qualidade de seu jogo. Temos que nos lembrar que em sua volta, levou o time ao bicampeonato paulista e ajudou o time na reta final da Libertadores de 2011 para eles.

O que começou a fazer o Ganso se transformar foram as renovações sucessivas do contrato de Neymar, desde 2010. Já nesse ano, o salário dele (Neymar) foi triplicado, e seu plano de carreira definido... no ano seguinte, ele já recebia R$ 1,5 milhão por mês (um terço de salário e o resto em publicidade).

Nesse meio-tempo, o Ganso sempre recebeu menos. Chegou a receber somente 25% do que Neymar (aqui). Só que, enquanto isso, a diretoria JURAVA que os dois eram igualmente importantes e valiosos... mas porque então uma disparidade tão grande entre salários?

Eu não entendo, você não entende, o Ganso não entende. E por não entender, parou de jogar. Simples assim. O Santos finge que o valoriza, ele finge que joga futebol.

Tenho a modesta certeza de que, passando a receber o que ele merece, volta imediatamente a ser o craque que conhecemos... mas aí será tarde para o Santos fazer qualquer coisa.

Se o Corinthians aceitar correr esse risco (sim, é um risco), parece ter muito mais a ganhar que a perder. E a Fiel também!!!

Afinal, se eliminar o Santos da Libertadores no ano de seu centenário é bom, IMAGINEM se além disso, tirássemos de lá um de seus craques?

Não vejo sua alta pedida salarial como problema, pois se ele quer R$ 1 milhão por mês de salário, nós temos o melhor Departamento de Marketing do futebol brasileiro... capaz SIM de custear esse valor com campanhas e produtos.

Nem mesmo o custo da vinda dele seria grande, se é que haveria custo... afinal é a DIS que está tratando disso.

Nosso trabalho seria o de abrir as portas do clube e dos corações para um excelente jogador, que parece morto mas é um craque de primeiríssima linha. Bastaria que a Fiel se esquecesse do que ele já foi, e de que camisa ele já vestiu.

E, convenhamos... pra quem já gritou o nome de PAULO NUNES nas arquibancadas, o que é ter o "trabalho" de gritar o nome de Ganso na escalação do time, em todo início de jogo no Pacaembu??

Pensem nisso! E Vai Corinthians!!!

0 comentários:

Postar um comentário