Corinthians joga contra o "intruso" do Rio!

Ninguém esperava perder seis pontos nos últimos dois jogos. A verdade é que contra o san7os tivemos chances claras e contra o SP eu prefiro não comentar, foram diversas oportunidades perdidas. Bom, vamos falar do jogo de hoje.

O Corinthians vai enfrentar esta noite um adversário que está bem colocado na tabela, mas e eu com isso? Tomando por base que já colocamos 3 no flamengo esse ano, jogando fora de casa, ganhar de um time que pulou da série C pra série A não vai ser difícil. Digo isso, pois este jogo terá um ingrediente especial, que atende pelo nome de EMERSON SHEIK!

Dispensado do clube carioca durante a Libertadores do ano passado, o nosso camisa 11 conseguiu o pentacampeonato para o Corinthians e foi peça fundamental na conquista da invicta Libertadores da América deste ano. Um verdadeiro talismã da fiel de 2011 pra cá.
Sinceramente acho bem difícil que a gente consiga o título. Juro que cheguei a cogitar esta possibilidade quando ficamos com uma boa sequência sem derrotas. Mas agora precisamos manter o ritmo de jogo e o padrão tático, para que no mundial não nos faça falta.

Após ter negociado o zagueiro Marquinhos para a Itália, o Corinthians adquiriu 50% dos direitos do volante Paulinho. Achei uma excelente negociação, uma vez que em uma possível venda do atleta vamos ficar com a metade do valor de negociação. Mas admito que não estou confiante no Paulo André, logo, não poderíamos ter aberto mão do Marquinhos. Pra mim ele seria titular ao lado do Chicão e por ser prata da casa nos renderia uma boa grana no futuro, e não um cacho de bananas.
Quando se fala em Corinthians e Fluminense, o jogo quem vem na memória é a incrível invasão de 76. Milhares de corintianos pintaram a cidade maravilhosa em preto e branco, mostrando para todos a força da nossa torcida.

A metade do estádio era nossa. Bandeiras, faixas, gritos, camisas, emoções, delírios e chuva, muita chuva. Do lado tricolor estava Roberto Rivellino, grande craque e que infelizmente não conseguiu estar do lado certo naquele jogo, pois havia sido expulso por torcedores (leia-se imbecis) meses antes.

O favoritismo estava com o Fluminense, que acabou abrindo o placar com Pintinho. Ainda no primeiro tempo começou o lamaçal. O Corinthians sempre se caracterizou por sua raça dentro de campo, e naquela oportunidade não seria diferente. Ruço, com uma bela puxeta, empatou a partida, levando a mesma para a disputa de pênaltis. Tobias defendeu duas cobranças e garantiu o Todo Poderoso Timão na grande final do nacional daquele ano, perdido posteriormente para o inter de Porto Alegre.

Em 2010 as duas equipes duelaram rodada pós rodada pelo título do campeonato brasileiro do presente ano. No final deu Fluminense, que ganhou o apoio dos porcos e das bixas para angariar pontos a seu favor e sagrar-se campeão. Ficamos com o terceiro lugar, atrás do Cruzeiro. O fato curioso foi que, na entrega dos prêmios da CBF ao campeão, o então presidente do Corinthians Andrés Sanches subiu ao palco e parabenizou todos os campeões nacionais de 2010. Ao citar o Coritiba como vencedor da série B, o mandatário corintianos disse que sabe o sentimento que os coxa-branca estão sentindo pois já ganhou a divisão de acesso em 2008 e que assim foi para a primeira divisão pela porta da frente. Isso fez com que os tricolores presentes vaiassem Andrés, que fez alusão à virada de mesa que culminou na ida do Fluminense para a primeira divisão sem passar pela segundona.

Eu aposto em 2x0 com dois gols do Sheik!

“...eu canto até ficar rouco...”

1 comentários:

  1. Muito bom mulek!
    E vai corinthians!
    Abraço do teu irmão,
    Danilo Ferreira.

    ResponderExcluir