Levante sua bandeira...

♠ Publicado por Paolo Timão em ,,,,,,,,, às 00:43
Hoje acordei com a sensação de ter vivido a virada do ano na noite passada. Tamanha era a quantidade de fogos que ecoaram a cidade de Santos. Para minha surpresa, quando olho em meu calendário, me deparo com um 20 de agosto de 2012. Com isso, imaginando que meu calendário estivesse errado, fui pular as tais SETE ondinhas como mandam o figurino.

Logo na primeira eu gritei Rosinei. Nas próximas três exaltei Carlitos Tevez. Vieram duas com o nome de Nilmar e uma última com o nome de Marcelo Mattos.

Ganhei de SETE na bola e perdi de TRÊS para o apito. O placar final na vila ontem foi: Corinthians com dois gols legítimos e um impedido anulado e Santos com dois gols legítimos e um impedido NÃO anulado. Mas não foi um impedimentozinho qualquer, de alguns centímetros e que possa justificar o erro do auxiliar. Foram TRÊS erros em uma só jogada, culminando no gol da virada do santos sobre o Corinthians.

O Neymar agrediu o Guilherme Andrade após o nosso primeiro gol e deveria ter sido expulso. O Adriano disse que recebeu um tapa do Romarinho, e nas imagens foi mostrado que nem houve contato. O Rafael recebeu uma cotovelada e foi reclamar com o árbitro, mas quem o agrediu foi o próprio companheiro. Esse é o time do futebol arte? Arte só se for em simulação. O tal do lateral Leo disse que o santos sempre foi e será melhor que o Corinthians. Esse jogador também havia dito que queria saber se o Barcelona era tudo isso.

Hoje foi o dia de todos os santistas tirarem a camisa do armário e conviver com o cheiro de mofo.
Realmente erros existem. É complicado marcar um impedimento onde o sol está na sua cara e você tem milésimos de segundos para decidir. Não seria mais fácil se o lance se repetisse? ELE SE REPETIU! No primeiro lance eu confesso que foi por pouco. O segundo já estava bem na frente, mas errar é humano. Mas meu Deus do céu, no cabeceio do André estava nítido que ele estava sem condições de jogo! Pra mim houve má fé.

Muitos dizem que é necessário profissionalizar a arbitragem. Será mesmo? Se os erros são humanos, funcionário também erra, ou estou errado? Vocês acham que eles ganhariam mais dinheiro trabalhando com carteira assinada ou recebendo por jogos? Fora a profissão deles na vida real, pois o que eles têm feito nos gramados só pode ser ficção.

Gostaria de sugerir algo: não seria legal se os árbitros envolvidos na partida participassem de uma entrevista coletiva também? Assim como jogadores, técnicos e dirigentes? Será que rebaixar um cidadão desses vai fazer com que ele se arrependa ou melhore? Já imaginaram a seguinte situação: o bandeirinha sentado à frente dos jornalistas tentando explicar o inexplicável? Eu acharia muito bom se isso acontecesse um dia.

O que me deixou contente foi a entrega do time em campo. O Douglas jogou demais, o Romarinho teve duas boas chances, porém uma caiu para a perna esquerda que não é a boa, o Paolo buscou o jogo, fez pivô, abriu espaço, o Martínez entrou bem, fez gol, correu e o Tite, ah o Tite, ele incorporou o torcedor corintiano na hora da entrevista coletiva.

Nosso treinamento de luxo para o mundial está sendo bem executado. Mesmo sem quatro titulares, entramos na casa dos caras e nos impomos. Só não ganhamos por motivo de força maior. Não vamos fazer feio no mundial, pois estamos treinando dia pós dia para que o tão sonhado dezembro chegue logo.

Para finalizar gostaria de pedir para todos os corintianos: levantem a bandeira... DO CORINTHIANS.
Isso mesmo, nós temos muitos motivos para erguer a nossa bandeira tão apaixonante. Somos campeões do Brasil e da América.

“Como eu te amo Coringão, o meu sangue ferve por você”

0 comentários:

Postar um comentário