Vitória ao estilo Corinthians!

♠ Publicado por Larissa Takehana em ,,,,,,,,, às 23:18
O que dizer dessa virada sobre o Coritiba aos 44 minutos do 2º tempo? A CARA DO CORINTHIANS! Uma vitória suada e na raça!

O triunfo por 2 a 1 contra o Coritiba, na avaliação do zagueiro Chicão, foi merecido e premiou a estratégia de duplicar funções em campo neste domingo em Curitiba. Jorge Henrique, por exemplo, começou como atacante, mas virou lateral-esquerdo durante o segundo tempo. E foi como lateral que ele cruzou para o gol de Paulinho, de cabeça. Paulinho, aliás, há tempos funciona como um meia, deixando a função de volante para auxiliar o sistema ofensivo.

E como descrever o golaço de Romarinho na virada corintiana?! Golaço de letra e pelo chão. Após um cruzamento rasteiro, Romarinho marcou de letra e virou a partida.

Esse jogo só mostra mais ainda o que é Corinthians, jamais desistir e se entregar.

Junto com esse belo jogo, veio mais um surpresa que foi com o volante Paulinho, que se tornou o quinto maior volante- artilheiro da história corintiana. Ele já é o vice-artilheiro do Timão no ano, só fica atrás do Danilo, com 10. Além do gol hoje, ele deu a assistência para o gol do Romarinho, que garantiu nossa vitória!
Agora os vinte maiores volantes-artilheiros da história do Timão são:

1- Biro-Biro - 75 gols
2 - Wilson Mano (também jogava na lateral direita) - 35 gols
3 - Dino Sani - 32 gols
4 - Elias - 24 gols
5 - Paulinho - 24 gols
6 - Ruço - 22 gols
7 - Roberto Belangero - 22 gols
8 - Marcelo Mattos - 20 gols
9 - Édson Cegonha (também era lateral direita) - 17 gols
10 - Vampeta - 17 gols


Enquanto o Paulinho na Seleção brasileira (vamos torcer pra que ele volte inteiro pro nosso Corinthians...), temos jogo na quinta... que não será fácil, e precisamos de toda a concentração do time. Sem Romarinho, Sheik, Paulinho... precisamos de 110% da dedicação dos demais!

Pra reação não parar por aqui... pra continuar subindo na tabela! Pra continuarmos sonhando com o (quase) impossível hexacampeonato!

Vai Corinthians!

* Texto por: Larissa Takehana

0 comentários:

Postar um comentário