Não foi o Corinthians da Libertadores, mas foi tipo ele!

Após o empate do Corinthians com o Fluminense, muito se falou sobre a declaração do Fred, dizendo que jogamos mais pra não perder do que pra tentar ganhar. O Cássio rebateu, dizendo que ganhamos a Libertadores jogando assim e que se dava certo, não tinha porque mudar.

ACONTECE que mudamos, sim... Após a saída de alguns jogadores e a chegada de outros, uma reformulação no esquema tático e no modo de jogar foi tentada por Tite, mas os resultados não corresponderam às expectativas dos jogadores, do Tite e da torcida!

Em julho, após a Libertadores, estávamos há 16 pontos do líder. E até hoje, estávamos há DEZENOVE pontos!

Em um dia onde enfrentaríamos esse líder, era hora de mudar. Voltar a fazer o que dava certo. E foi isso que Tite tentou fazer.

Antes mesmo de o jogo começar, já contávamos com um clima todo especial... quase 37 mil pessoas no Pacaembu, comemorando nossos 102 anos e esperando o presente... hoje, mais do que nunca nesse Brasileirão, a torcida fez do Pacaembu um campo de guerra para o Atlético; nossa força estava estampada em cada uma das 102 bandeiras espalhadas em volta do gramado!

Diferente dos últimos jogos, não houve blitz, nem gol nos primeiros minutos. Pelo contrário, o Atlético tentou fazer frente e justificar a liderança... chegou a dar sufoco e teve algumas boas chances. Todas bem tiradas pela nossa defesa (que lembou levemente aquela defesa segura e confiável da Libertadores... não era sem tempo).

Somente com o jogo controlado, o Corinthians tentou se impor, como o mandante que era... fez uma boa jogada com o Douglas, a bola quase chegou no Emerson... mas depois o jogo voltou a ficar pegado, até meio chato... e o primeiro tempo acabou!

Como também acontecia em vários jogos  do Paulistinha e da Libertadores, voltamos melhores no segundo tempo; uma nova postura em campo, arrancando com rapidez, tocando passes com precisão; sabendo o que fazia, o Timão teve ótimas chances, com Romarinho e Emerson, até o Paulo André fazer um belo gol, após o cruzamento do Douglas; ele subiu sozinho e colocou a bola no ângulo!

Como já vimos outras vezes, depois disso o Corinthians começou a segurar o jogo, avançando de vez em quando só pra não dizer que não atacou... só complicou um pouco após a expulsão o Sheik; mas falo disso depois.

Depois dessa expulsão, recuamos e acabamos tomando um gol, muito bem anulado pelo bandeirinha (pois o juiz tava de costas pro lance...); e enfim voltamos a vencer... colocamos o Atlético no seu devido lugar!

Já estava com saudades das goleadas por 1x0... elas fizeram falta nas últimas rodadas! Agora é continuar a bagunçar essa tabela!!!

-x-

Certamente o Emerson vai ser julgado e suspenso por alguns jogos pelo que disse do juiz ao ser expulso. OK, foi injusto, MAS ele, com a experiência que tem, tinha OBRIGAÇÃO de ter cuidado com esse tipo de declaração. Não há desculpas para justificar esse tipo de descuido.

-x-

Palmas ao Tite, que escalou o time direitinho, não fez lambança nas alterações e não criou caso com a arbitragem; se fizesse teria razão, mas precisamos dele na lateral do campo em todos os jogos; a presença dele é mais importante do que parece.

-x-

PRECISAMOS manter a solidez da defesa pra chegarmos ao Mundial em ponto de bala; o Atlético de Madrid mostrou pra gente que o Chelsea tem falhas na defesa, que Sheik e Jorge Henrique podem explorar; então nossa prioridade deveria ser reforçar a defesa taticamente.

-x-

Dá pra vencer o jogo que vem a seguir, contra o Figueirense... então chegaríamos aos 31 pontos. Será que alguém ainda acredita em título?

0 comentários:

Postar um comentário