Andres Sanchez: da CBF para o Governo?

♠ Publicado por Daniel Keppler em ,,, às 11:53

Salve!

Bom, não é novidade nenhuma que o relacionamento do nosso eterno presidente Andres Sanchez com o Marin, presidente da CBF, nunca foi dos melhores. Sanchez foi indicado por Ricardo Teixeita, e era com ele que as visões de futebol se alinhavam.

Talvez por isso, também não seja novidade a possível saída de Sanchez à frente da diretoria de Seleções. Mas as condições em que essa saída vai ocorrer são um pouco estranhas, não?

No dia em que a demissão de Mano Menezes aconteceu, foi afirmado oficialmente que apenas a comissão técnica estava fora. Andres ficaria. Inclusive, foi ele quem anunciou os motivos da demissão à imprensa!

Mas, a partir daí, Andres se empenhou em deixar claro que foi voto vencido na discussão, e não se incomodou em afirmar continuamente que talvez pudesse sair da CBF, inclusive antecipando a própria Confederação e afirmando que Felipão estaria apalavrado para dirigir a Seleção em janeiro. Porque esse esforço em se desgastar com Marin?

A explicação pode estar em uma reportagem do Estado de São Paulo de hoje: Andres teria sido sondado para ser o Secretário de Esportes de São Paulo, a partir da posse de Fernando Haddad em 2013.

A reportagem afirma que durante toda a campanha de Haddad, Andres Sanchez foi próximo do comitê do então candidato, fazendo até mesmo caminhadas com ele pela Zona Leste e pedindo votos no canteiro de obras da Arena Corinthians!

O convite sofreria apenas a oposição de partidos aliados do PT no futuro governo, que tentam emplacar outros nomes para a pasta. Isso pois a secretaria de Esportes será uma das mai fortes e com maior visibilidade da Prefeitura em 2013 e 2014: só ano que vem terá um Orçamento de R$ 263 milhões!

Pontos que teriam contado a favor de Sanchez teriam sido sua proximidade com empresários e sua amizade com o ex-Presidente Lula; acredita-se que isso facilitaria nas negociações com empresas e patrocinadores para a preparação da cidade para a Copa-2014.

Perguntas que ficam:

1 - Andres Sanchez teira preparo suficiente para assumir um cargo político tão alto?

2 - Ele aceitaria abrir mão de disputar a Presidência da CBF em 2014 para assumir cargo na Prefeitura?

O jeito é aguardar!

Vai Corinthians!!!


0 comentários:

Postar um comentário