7 razões pra acreditar num 2013 mágico para a Fiel

♠ Publicado por Daniel Keppler em ,,, às 14:32

Salve!

Bom, depois de muuuita comemoração, merecida demais, por sinal, as coisas começam a se colocar no lugar e a euforia dá lugar a um outro sentimento: o de quero mais!

Campeão da Libertadores? Quero o bi!

Bi Mundial? Quero o tri!!!

E o Paulistinha então? Ora, será que não dá pra vencer?

Como o mundo não parou durante o Mundial - apesar da Invasão Corinthiana no Jaoão - e a diretoria não dormiu no ponto, algumas informações teimaram em vazar e podemos ter algumas ideias do que nos espera em 2013. Vamos ver algumas delas?

1 - Muita grana em caixa




A expectativa da diretoria era anunciar apenas o patrocínio da Caixa antes do Mundial. Mas a informação sobre a renovação com a Nike não era pra ter saído. Ao vazar a informação, a diretoria foi obrigada a confirmar o acerto por 10 anos, rendendo no mínimo R$ 300 milhões nesse período!

Além disso, outros patrocínios foram renovados e a expectativa é que o faturamento em 2013 seja maior do que R$ 330 milhões... novo recorde entre os clubes brasileiros. Grana pra reforçar o time e torná-lo ainda mais forte!

2 - Diretoria com credibilidade absoluta



Nem todas as contratações e ações em 2012 deram certo (vide Adriano, Chiquinho, Adilson...). Houve problemas pontuais com ações de marketing (como o calote de um patrocinador pontual e o próprio atraso em fechar um patrocínio master). Mas em linhas gerais, os sucessos foram muito maiores e relevantes.

Para 2013, o que fica é a imagem de uma diretoria forte e competente, que chega com força em qualquer campo de atuação e que é vista com muito mais seriedade no mercado. Qualquer proposta do Timão, hoje em dia, é vista com muito mais seriedade!

3 - Fidelidade total da torcida




As imagen dos 15 mil torcedores no embarque do time em São Paulo, dos 30 mil dominando os estádios em Toyota e Yokohama e dos mais de 5 mil recebendo os jogadores na volta do Japão em uma manhã de terça-feira correm o mundo até hoje como exemplo de fidelidade e amor pelo Corinthians.

Além disso, foram mais de R$ 40 milhões líquidos em bilheteria, com recordes de público na Libertadores e no Brasileiro, sem falar ainda nas compras maciças dos produtos oficiais lançados pelo time!

4 - Marca cada vez mais forte


O Corinthians foi o primeiro a ver sua marca atingir o valor de R$ 1 bilhão, esse ano. Agora, com a conquista do Mundial, as expectativas é de que a valorização supere os 20%, fazendo com que o clube passe a Juventus, da Itália, que hoje tem a 8ª marca mais valiosa do mundo, com R$ 1,2 bilhão.

5 - Especulações que ajudam a internacionalizar a marca


Após a era MSI, que colocou nosso time nas páginas policiais, perdemos nossa força junto aos mercados internacionais. Isso se reforçou com a queda para a série B. Mas após a vinda de Ronaldo, e principalmente nesse 2012, cada vez mais a mídia "contrata" jogadores e mais jogadores para nós!

Se antes apenas Carlitos Tevez era o alvo da imprensa especulativa, hoje em dia cada jogador que rescinde seu contrato ou se demonstra insatisfeito em seu clube já vê aumomaticamente seu nome colocado na rota de contrataçoes do Timão. Isso ocorreu com vários jogadores, como Beckham, Loco Abreu, Deivid, Willian, Verón, Rojas, Riquelme, Seedorf, Forlán, Allan Kardec, Ganso, Kaká, Henry e tantos outros!

A cada especulação desse porte, mais o nome do Corinthians aparece na mídia europeia, e isso ajuda o clube a se manter como um clube à altura de contratar como se fosse um clube europeu!


6 - Contratações cada vez mais pontuais e com mais qualidade


Nunca mais tivemos de aturar "pacotões" de reforços, com 6 ou 7 jogadores medíocres vindo de uma vez só, quase nenhum em condições de resolver qualquer coisa. Nos últimos anos, o Corinthians vem se especializando em observar e contratar somente quando está quase certo de que o jogador pode vingar.

Se houve algumas apostas que não deram certo, outras tantas chegaram e agradaram: foi assim com Paulinho, Ralf, Romarinho, Martinez, Guerrero, entre outros).

Seguindo essa linha, Renato Augusto chega pra preencher a vaga que era de Alex no meio-campo e outros podem chegar, pra serem titulares se estiverem prontos, como o zagueiro Gil e o atacante Alexandre Pato. (Por mais que eu ache absurdo contratar esse último por R$ 40 milhões, mas...)

7 - Falta de rivais à altura



O Paulista dá vagas no mata-mata aos oito melhores, fica quase impossível não passar.. Já a Libertadores tem quatro ou cinco times que um dia já deram trabalho na competição. Na Copa do Brasil, entramos nas oitavas e mesmo assim, só entramos depois da Libertadores - não haverá problemas de calendário. O Brasileirão, levado um pouco mais a sério, pode ser uma realidade, pois esse ano só começamos a jogar no segundo turno e fomos o sexto melhor time. E a Recopa, bom, a Recopa é um mata-mata contra o São Paulo, que adora perder uma final pra gente!

Agora, me diz: no mínimo dois títulos dá pra levar! Ou estou sendo otimista demais?

Começamos a imaginar nosso 2013 dia 21: sorteio da Libertadores!

Confira o grupo do Timão aqui no blog, logo após o sorteio acontecer!!!

#VaiCorinthians

0 comentários:

Postar um comentário