Pós-jogo Corinthians 2x1 Mogi Mirim - Resultado bom, desempenho melhor.

♠ Publicado por Icaro Scuteri em ,,,,,, às 09:17
Eae Fiel!

Nosso Coringão veio ao Pacaembu enfrentar o Mogi Mirim pela 4 rodada do Campeonato Paulista 2013, e como já tinha sido planejado e adiantado, foi promovida a volta dos titulares, campeões mundiais no Japão.


A partida começou com um susto: O Mogi abriu o placar aos 9 min do primeiro tempo, no primeiro contra-ataque da equipe do interior. Foi uma jogada construída pelo setor esquerdo defensivo do Corinthians, o lado do Fábio Santos, em que Carlos Alberto recebeu, em condição ilegal, só pra constar, e cruzou para o atacante Henrique empurrar pra dentro. Nada pode fazer nosso goleiro. O bandeira ignorou o impedimento de Carlos Alberto, e assim o Mogi ia conseguindo um resultado histórico para si.
Mas era só o inicio do jogo.

O Corinthians tem infinita superioridade técnica e deixou isso claro ao dominar a posse de bola no ataque durante quase toda a partida, mas esbarrávamos nas finalizações. Não havia espaço para finalizar com o time inteiro do adversário na defesa. Quando encontrava espaço o chute ia pra fora, ou desviava em alguém.

O time poderia ter ficado nervoso com a situação, mas com tanta experiência em campo, o Corinthians fez o que tinha de ser feito: Manteve a calma e a posse de bola. O gol estava próximo.
O Mogi cometeu o erro comum de tentar segurar o jogo depois de abrir o placar, e seus jogadores pouco experientes faziam faltas duras e bobas. Não por acaso logo começaram a sair cartões amarelos para a equipe. E aos 42 min a primeira expulsão. Roni, que já havia sido advertido co cartão amarelo, deu um carrinho no meio campo em cima do Ralf e foi embora mais cedo. Expulsão correta.
O Corinthians imediatamente se aproveitou da vantagem numérica, e empatou o jogo aos 43 min ainda do 1º tempo com Jorge Henrique.

Émerson Sheik fez ótima jogada pela ponta direita do ataque e cruzou rasteiro para o baixinho provocador marcar no meio de 2 zagueiros adversários. Era o empate do Corinthians.

O Segundo tempo foi parecido com o primeiro, com o Corinthians dominando as ações e o adversário acuado sem ter muito o que fazer, além de tentar segurar o empate.
Foi então que numa saída errada da defesa adversária Émerson Sheik se esforçou e interceptou a bola, deixando a com Gerrero, que levantou a cabeça e viu Jorge Henrique avançar pela ponta da área. Passe perfeito, Jorge Henrique domina, vai chutar e é derrubado pelo zagueiro adversário que não tocou na bola em nenhum momento, só acertou o Jorge Henrique. Pênalti claro, e marcado pelo arbitro da partida. Fábio Santos foi pra bola e bateu muito bem, alcançando o ângulo esquerdo do gol. Corinthians 2x1.

Ainda houve mais uma expulsão, também justa, pelo segundo cartão amarelo amarelo do volante Val, do adversário. E a partir daí, o Corinthians não foi ameaçado. Os jogadores começaram a se cansar e como ainda não havia ritmo de jogo, isso era esperado.
Pelo rendimento da equipe, poderíamos ter goleado o Mogi Mirim, mas pesou o fato de ser o primeiro jogo da temporada destes jogadores, e com a vantagem construída, 2 jogadores a mais e posse de bola maior, a acomodação tomou conta do time, que não apertou muito para ampliar a vantagem. Compreensivo.

Ainda houve a entrada de Renato Augusto, Douglas e Romarinho.Destaque para Renato Augusto, que apesar de pouco tempo buscou jogo e distribuiu ótimos passes.

Quem ver o resultado e as expulsões pode pensar que o Corinthians sofreu pra vencer e foi ajudado pela arbitragem. Engano.
O Corinthians mereceu vencer e fez o resultado. O Arbitro foi justo nas duas expulsões e o pênalti foi bem marcado. Aliás, fomos prejudicados pelo gol irregular do Mogi, validado por pela arbitragem.
Jogo foi mais fácil do que o esperado, o desempenho agradou, e a parte física não surpreendeu. O saldo foi bom.


Conceitos individuais dos Guerreiros

Danilo Fernandes: Médio. Não teve culpa no gol. Também não teve grandes momentos na partida, foi mais um expectador.
Alessandro: Bom. Avançou bastante, foi bem na marcação e sempre aparecia como opção para os companheiros. Fisicamente voltou bem. Tem tudo pra fazer uma ótima temporada de despedida.
Gil: Médio. Passa confiança. É firme na marcação. Faz o simples, dá chutão quando precisa, bate se precisar. Mas hoje não precisou fazer muita coisa.
Paulo André: Médio. Assim como o Gil, não precisou trabalhar muito hoje. Não o condeno no gol, já que era uma jogada ilegal, mas é bom ficar esperto com esses lances.
Fábio Santos: Bom. Apesar do gol do Mogi ter saído do seu lado, foi bem no jogo. Marcou bem no geral, avançou com confiança e bateu um pênalti perfeito.
Ralf: Bom. Também não teve muito trabalho na marcação hoje, mas quando exigido foi bem, além de conseguir a expulsão de um adversário.
Paulinho: Médio. Apareceu bastante, chamou o jogo. Mas errou muitos chutes, e me parecia bem fisicamente, poderia ter ido melhor.
Jorge Henrique: Bom. Foi decisivo. No geral não apareceu muito, mas participou dos 2 gols, marcando um e sofrendo o pênalti no outro. Levou um cartão amarelo de bobeira.
Danilo: Ruim. Não gostei do dele. Sumido no jogo. Errou passes simples, não chamou a responsabilidade e  foi o que estava pior fisicamente (claro que se deve levar em conta a idade e tals). Não foi nem de longe o Danilouco do Mundial.
Sheik: Médio. Não aparecia tanto no 1º tempo, até pouco antes de fazer o lance do 1º gol. Aí começou a chamar o jogo. Corria e tentava dribles, mas foi muito individualista. Mas foi melhor do que o que vinha jogando no fim de  2012.
Guerrero: Médio. Fez um bom primeiro tempo mas sumiu no segundo, a não ser pela participação no 2º gol. Esperava mais do centro avante, ainda mais após as expulsões. Mal vi ele em campo no 2º tempo.
Douglas: Sem conceito. no tempo que jogou não comprometeu mas também não apareceu tanto.
Renato Augusto: Médio. Pelo tempo que jogou foi bem. Poderia ter mancado seu 1º gol no Corinthians se o Sheik não estivesse tão fominha. Além de dar ótimos passes. To gostando do futebol dele.
Romarinho: Sem conceito. Pouco apareceu.

Tite: Bom. Escalou bem. Manteve o time tranquilo, não foi defensivo. Substituiu inteligentemente o Jorge Henrique, pois já tinha amarelo e tirou quem estava cansado. Não ficou inventando. Boa Professor!

Concorda com a analise? Comente!

VAAAAAI CORINTHIANS!

Campeonato Paulista 2013
4 jogos - 2 vitórias 1 empate e 1 derrota
7 pontos
6º colocado


Twitter: @Icaro_scuteri

0 comentários:

Postar um comentário