Pós-jogo Mirassol 0x1 Corinthians – Primeira vitória de muitas em 2013

♠ Publicado por Icaro Scuteri em ,,, às 20:59

Eae Fiel!

O Coringão foi visitar neste domingo o Mirassol, pela 3ª rodada do Paulistão 2013, e saiu de lá com a vitória pelo placar mínimo.

Começarei o texto falando de tática.

Finalmente nosso técnico decidiu parar com a maioria das improvisações desnecessárias.

Entramos em jogo com Danilo Fernandes; Edenilson-Gil-Felipe-Ygor; Guilherme Andrade-Guilherme; Giovanni-R. Augusto; Zizao e Romarinho.

Ainda acho desnecessária a colocação do G. Andrade de volante e o Edenilson de lateral esquerdo, mas começo a compreender a cabeça do nosso técnico: Edenilson agora é lateral mesmo, e o Guilherme Andrade será o Reserva do Ralf.

Eu optaria por Treinar o Willian Arão pra reserva do Ralf e o Guilherme pras laterais, mas não condeno a atitude do cara que treina esse time a semana toda a mais de 2 anos.

Também a estreia dos Ygor entre os profissionais e R. Augusto, recém-contratado.


Logo no inicio do jogo o Mirassol mostrou qual seria sua tática: veio pressionar a saída de bola do Corinthians e não dar espaço para armar jogadas. Parecia uma boa tática, porém ousada para uma equipe pequena.

Eis que logo no inicio do jogo num excelente cruzamento do estreante do dia (assim como eu) Romarinho abriu o placar pra equipe de Parque São Jorge.

Este gol foi interessante por duas coisas:

1- Boa estreia do Renato Augusto, que mostra ter qualidade com essa ótima assistência e melhorou muito nossa transição de defesa-ataque, em comparação aos últimos jogos.

2- Marca a volta das férias do Romarinho. Sejamos sinceros, nosso garoto mete-gol-no-boca-e-no-palmeiras só havia entrado em campo por mera formalidade nos últimos 2 jogos. Vinha horrível. Dessa vez fez gol e mostrou mais envolvimento com a partida, apesar do excesso de individualidade.

Depois do gol o jogo pareceu que ia pegar fogo, que nosso adversário viria pra cima buscar o empate de qualquer jeito. Só pareceu. Mirassol teve pouquíssimas chances reais de gol, com nossa defesa bem atenta e meio de campo segurando bem a bola e distribuindo.

Como eu imaginei, Giovanni foi mais participativo no jogo com um auxílio na posição, feito pelo R. Augusto. O garoto é bom de bola, só que sozinho não consegue jogar, por isso a más partidas nas duas primeiras rodadas.

Ainda no primeiro tempo tivemos algumas oportunidades desperdiçadas com chutes pra fora da meta, principalmente com Giovanni, e alguns lances discutíveis com quedas na área.

Pra mim, o árbitro só foi mal no lance em cima do R. Augusto, que foi derrubado na área claramente abraçado pelo zagueiro. Pênalti não marcado, mas não interferiu no resultado, então ninguém vai discutir isso nos programas esportivos durante a semana.

No segundo tempo, como era de se esperar o jogo ficou morno. O Corinthians controlava as ações, o Mirassol pouco chegava à meta de Danilo Fernandes com o bom trabalho de Ygor, Edenilson, Gil, Felipe, Guilherme e Guilherme Andrade.

Nas duas melhores oportunidades do adversário, nosso Goleiro fez ótimas defesas que devem ter deixado Julio Cesar preocupado.

Tite ainda usou o banco de reservas para recuar o time, colocando Welder, Nenê Bonilha e Willian Arão, no lugar de Zizao, Giovanni e Romarinho, o que nos fez terminar a partida com 5 volantes e campo e nenhum atacante. Atitude que reprovo, mas compreendo: todos precisávamos dessa vitória.

De longe a melhor partida do Corinthians até aqui. Merecemos a vitória. E ao que tudo indica os titulares volta a campo na próxima rodada. Quem jogou bem, apareceu, quem não foi bem, pode ter tido sua ultima chance de atuar no ano.

Conceitos individuais dos guerreiros
Danilo Fernandes: Bom. Passa confiança, fez grandes defesas nas melhores oportunidades do adversário. Ao que me parece, Julio Cesar se tornou mesmo o 3º goleiro dessa equipe.
Edenilson: Bom. Não avançou muito, mas foi consistente na defesa e nas transições. Aliás, não me lembro de um jogo ruim dele, independente da posição que jogue.
Gil: Bom. Também passou segurança e não comprometeu. Parece uma boa contratação mesmo.
Felipe: Bom. Mais um jogo que foi bem. Dessa vez não teve dificuldades. Me parece que, desde que bem acompanhado no setor, não faz feio.
Ygor: Muito bom. Grata surpresa esse garoto. Não se intimidou com a estreia. Não vi perder uma dividida na lateral, ainda tem tranquilidade de sair jogando. Assim como Edenilson avançou pouco, mas gostei muito do garoto. Acho que encontramos o reserva pra lateral esquerda.
Guilherme Andrade: Médio. Apareceu pouco. Assim que deve ser, mas quando apareceu Fo fazendo falta. Pode ser que de certo por aí, mas precisa de mais treino na posição.
Guilherme: Médio. É difícil entrar na posição que tem Paulinho como titular. Apareceu bem pro jogo, mas errou alguns lances bestas e tentou cavar um pênalti, atitude que não gostei.
Giovanni: Bom. Apareceu bastante. Armou boas jogadas e arriscou chutes a gol. Atuou com personalidade. Gostei, mas precisa calibrar o pé pro chute, e buscar mais as assistências. Dificilmente vai jogar mais, já que temos 3 boas opções pra sua posição, mas numa eventual contusão ou desgaste, aparece como boa opção.
R. Augusto: Excelente. Talvez o cara do jogo. Ótima estreia. Armou bem o jogo, deu assistência, não se escondeu, e jogou o jogo todo. Briga diretamente com o Douglas por posição.
Zizao: Médio. Tem uma velocidade incrível. Fez alguns bons lances, mas no geral ficou na média. Pode ter sido o ultimo jogo do chinês mais carismático do Brasil, já que daqui pra frente a concorrência é desleal.
Romarinho: Médio. Fez o gol. Enfim voltou de férias. Estava mais ligado no jogo e participativo. Abusou dos lances individuais e perdeu lances bobos, além de, na área ficar buscando o pênalti em vez do gol. Sabemos que tem futebol. Parece que está reencontrando-o.
Tite: Médio. Escalou bem, apesar da inversão do Edenilson com Guilherme Andrade. Conceituei médio, pela demora pra substituir e por essas substituições defensivas. Recuou o Time e se fosse um adversário de mais qualidade poderíamos ter levado o empate. Mas o professor tem moral, né?
Welder, Nenê Bonilha e Willian Arão: Sem conceito. Mal jogaram a partida.

Espero que tenham gostado do pós-jogo de estreia. Deixe seu comentário, se discordou de algo ou só pra colocar seu ponto de vista, ou para criticar/elogiar, fique a vontade.

Até a próxima Fiel!

5 comentários:

  1. Excelente estreia, com certeza o blog so tem a ganhar com sua participacao. Adorei o texto e a maneira como voce expoe dua visao tecnica usando uma linguagem clara e de facil entendimento. Tambem fiquei admirada com os conceitos individuais que vc fez, foram diretos e bem especificos.

    Estou ansiosa para ler suas proximas publicaçoes, eu e toda a naçao corinthiana fora do Brasil agradecemos sua dedicação e excelente trabalho, isso nos ajuda muito a acompanhar o desempenho do timão mais de perto.
    Thanks!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mesmo sendo totalmente suspeita, obrigado!

      Excluir
  2. Parabéns pelo blog. Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado, em nome da equipe! Espero que continue nos visitando.

      Excluir