Estreia + altitude = problemas?

♠ Publicado por Daniel Keppler em ,,,, às 16:24

Fala Fiel!

Amanhã vamos novamente ver o Timão enfrentando não só o San Jose de Oruro e sua torcida, mas também um reforço "daqueles" para os donos da casa: a altitude. Os problemas que 2 ou 3 mil metros causam nos jogadores são conhecidos: tontura, falta de ar e outras dificuldades cuja intensidade variam de jogador pra jogador. 

Mas nesse jogo de amanhã, especialmente, outro problema pode atrapalhar... e ele não tem a ver com a altitude. Tem, sim, a ver com o fato de esse sero jogo de estreia do Timão!

Isso pois se o Corinthians não curte muito jogar perto dos céus, gosta menos ainda de estrar nessa competição tão importante. Os números estão aí e provam isso sem muita dificuldade!

A ESPN já mostrou, em reportagem publicada ontem (veja AQUI), que em dez jogos na altitude, o Corinthians venceu apenas três; ainda empatou outros três e perdeu quatro. Fez 11 gols e sofreu outros 12. Confira abaixo:

1977: El Nacional (EQU) 2x1 Corinthians - Quito - 2850m
1977: Deportivo Cuenca (EQU) 2x1 Corinthians - Cuenca - 2560m
1996: Espoli (EQU) 1x3 Corinthians - Quito - 2850m
1999: Jorge Wilstermann (BOL) 1x1 Corinthians - Cochabamba - 2574m
2000: América (MEX) 2x0 Corinthians - Cidade do México - 2240m
2000: LDU (EQU) 0x2 Corinthians - Quito - 2850
2003: Cruz Azul (MEX) 3x0 Corinthians - Cidade do México - 2240m
2003: The Strongest (BOL) 0x2 Corinthians - La Paz - 3640m
2010: Independiente (COL) 1x1 Corinthians - Bogotá - 2640m
2012: Cruz Azul (MEX) 0x0 Corinthians - Cidade do México - 2240m



Quando se fala de estreias, o retrospecto é melhor, isso é fato. Mas não tão melhor assim!

Nas dez estreias do nosso Corinthians de 1977 a 2012, foram apenas 4 vitórias (três delas muito sofridas); ainda empatamos quatro empates perdemos outras duas. Foram 10 gols marcados e 7 sofridos.

O que chama a atenção, porém, é o desempenho fora de casa: apenas uma vitória em cinco jogos, contra o Deportivo Cali em 2006. Veja abaixo:

1977: Corinthians 1x1 Internacional (BRA)
1991: Flamengo (BRA) 1x1 Corinthians
1996: Corinthians 3x0 Botafogo (BRA)
1999: Palmeiras (BRA) 1x0 Corinthians
2000: América (MEX) 2x0 Corinthians
2003: Corinthians 1x0 Cruz Azul (MEX)
2006: Deportivo Cali (COL) 0x1 Corinthians
2010: Corinthians 2x1 Racing (URU)
2011: Corinthians 0x0 Tolima (COL)
2012: Dep. Táchira (VEN) 1x1 Corinthians

Em 2010, o gol sofrido aos 50 segundos fez a torcida sofrer!

Junte a isso o futebol razoável que o time vem mostrando nos últimos jogos e talvez dê pra entender minha preocupação com amanhã... será que vamos conseguir um resultado convincente em Oruro?

Vale lembrar que o San Jose é um time FRACO, com estruturas quase semiprofissionais e está em QUINTO lugar no seu grupo, no Campeonato Boliviano. Além de tudo, vem de duas derrotas, para o Oriente Petrolero e o Bolívar - essa última em Oruro.

Confio que, a depender da gente, dá pra vencer. Mas... já vimos nosso Timão ceder pontos pra times tão fracos quanto...

Em jogos desse tipo, sempre fico preocupado com o excesso de confiança - que muitos acham salto-alto, mas são coisas diferentes; com essa mania do time de achar que vai fazer o gol na hora que quiser; e com o comportamento dos jogadores durante a partida - pois jogos de Libertadores podem ficar bem tensos, e precisamos de inteligência emocional para evitar problemas.

Espero que os números mintam dessa vez e consigamos um bom resultado! Pois o grupo não é exatamente fácil, e quanto mais pontos colecionarmos fora de casa, mais tranquilidade teremos pra destroçar um por um no Pacaembu!

Palpite pra amanhã? Vitória por 2x1. De virada, se possível. Com gol no fim do jogo!

E você, quanto acha que vai ser o jogo? Comente aqui!

Vai Corinthians!!!

0 comentários:

Postar um comentário