Meu maior presente é ser corinthiano

♠ Publicado por Daniel Keppler em ,, às 13:04

Fala Fiel!

Hoje, esse blogueiro aqui completa 25 anos. Mas, pra mim, é somente mais um dia de comemoração. Como foi ontem, como será amanhã. Pra quem é corinthiano, todos os dias são de comemoração!

O corinthiano não precisa de data pra comemorar; só precisa que se lembre o time que tem! Sem arrogância nem pretensão, é isso que faz o Bando de Loucos ser especial desde 1º de setembro de 1910.

Sou somente um dos 30 milhões, que visto a camisa e solto minha voz pelo mundo, orgulhoso do privilégio de ser corinthiano e amar esse time até as últimas consequências!

Pois não precisamos de gol, nem de jogo, nem de estádio, nem de campeonato, nem de vitória, nem de jogador famoso, muito menos de títulos (viu Libertadores?). Só precisamos do Corinthians, na mesma proporção de que o Corinthians precisa da gente!

Ao ser escolhido pelo Corinthians, me tornei em algo mais que um torcedor... me tornei em um Fiel! Que ama o time como ama a família. Que torce pelos onze jogadores em campo como torce pelo filho que dá seus primeiros passos, ou pela mulher com quem escolheu viver pelo resto da vida.

Ou quase, porque, amor até o fim da vida, só o do corinthiano pelo Corinthians!

Ou quase, pois dizem que esse amor dura pela ETERNIDADE!

Por isso somos tantos! Em um país onde tantos são tragados pela desigualdade, o Corinthians é o maior símbolo de justiça social possível de se conceber! Por isso somos referência, temos diversidade de opiniões, multiplicidade de pensamentos... de símbolos e de tradições!

Por isso, em datas como essa, não preciso de lugar pra comemorar... se em casa... no bar... no Pacaembu, nossa eterna casa... ou no Morumbi onde somos os maiores vencedores... ou ainda Maracanã onde o único campeão mundial foi o Corinthians (né Brasil-1950?)... em todos esses lugares a maior comemoração foram aquelas regadas de sofrimento e alegria que só o Corinthians pode proporcionar!

Aniversário é um dia em que repensamos tudo o que ocorreu na nossa vida. E, hoje, me relembrei de todos os momentos em que o fracasso bateu à porta. Mas nessas horas, a vergonha sempre deu lugar àquele orgulho típico de corinthiano... aquele que nos fez gritar "Eu nunca vou te abandonar" no segundo seguinte ao rebaixamento. Pois, como o Corinthians, o corinthiano também sabe perdeu como poucos; nós entendemos que o sofrimento faz parte da vida e só enriquece nossas vitórias. Vencer com sofrimento é um prazer exclusivamente corinthiano. É um dom. É algo que não se explica, que fascina até os antis!

Mas quando a alegria da vitória chega, nossa comemoração é sem igual. Pois nós, corinthianos, sabemos valorizar as pequenas vitórias como poucos... pois o nosso sentimento pelo Corinthians nos ensina a exaltar de corpo e alma o que nos traz felicidade e nos dá força pra vencer. 

Poderia me dar os parabéns agora, mas hoje não é um dia especial. Para os corinthianos, desde 1º. de setembro de 1910 nunca mais houve somente um dia especial.

Pois desde esse dia, todos os dias são especiais. Todos os dias são dias de Corinthians!

Meu maior presente é ser corinthiano!

2 comentários:

  1. Salve, Daniel! Parabéns!!! Muita saúde, muita paz e muito Corinthians na sua vida. Abraço.

    ResponderExcluir
  2. gostaria de divulgar seu blog em nosso site? entre en contato http://www.gazetacorinthians.com.br tambem pode ter uma pagina para vc editar e postar seus posts

    ResponderExcluir