Pós jogo XV de Piracicaba 1x1 Corinthians - 2 pontos para a displicência

♠ Publicado por Icaro Scuteri em ,,,, às 15:27
Eae Fiel!
O Corinthians foi a cidade interiorana de Piracicaba, enfrentar a equipe local, nesta ultima quarta feira, e decepcionou, com um placar de igualdade.
Com a equipe titular, salvo os desfalques de Paulinho, Cássio (machucados) e Pato (poupado), o Corinthians foi mal ao não matar o jogo, e sofreu o empate no fim.


O Corinthians dominou o jogo. A equipe advesária, tentava jogar no erro corinthiano, o popular "jogar por uma bola". Ofereceu pouco perigo a meta corinthiana durante todo o jogo.
O Corinthians era dono da partida, como devia ser, tocava muito a bola, tinha boa movimentação na frente, ocupava bem o campo de ataque, mas não chutava.
A forte marcação, comum neste campeonato onde a qualidade tecnica é tão desigual, imposta pelo XV dificultava as ações Corinthianas, mas não era nada com que ja não estivéssemos acostumados. Sempre que uma equipe pequena enfrenta uma equipe gigante como o Corinthians vem fechada, pelo contra-ataque, não quer jogar futebol, só quer tirar pontos do grande.

Ficamos zerados no primeiro tempo, com boa atuação do meio campo, mas com muito poucas finalizações perigosas. Guerrero não recebia a bola com qualidade, Romarinho não evoluia nas jogadas. Numa ótima oportunidade, Renato Augusto deu um lindo lançamento para Romarinho que não chegou antes do goleiro da bola e perdeu a oportunidade.

O Segundo tempo, foi mais do mesmo. Domínio corinthiano, não convertido em gols, muitos passes, pouca finalização efetiva. O Adversário tentava assustar com a velocidade de seus atacantes, mas também não levava perigo.
Tite viu que algo precisava mudar. Chamou Émerson Sheik, que fez ótima partida contra o União Barbarense na ultima rodada. Pensei: "Boa! O Time ganha em velocidade, jogadas individuais, e movimentação".
O Problema é que o escolhido para sair foi o Guerrero. Não que ele estivesse bem no jogo, ele mal pegava na bola, mas eu esperava que o Tite alterasse a formação tática da equipe, aumentando o poder ofensivo, com 3 atacantes, assim Emerson e Romarinho pelos lados serviriam Guerrero na área. Para a situação do jogo, onde tinhamos o domínio mas o gol não saía, eu acreditei que seria o ideal.
Mas ele tirou o Guerrero. Também faz sentido. Precisando de velocidade, e o Guerrero sem receber a bola estava sumido. Não era o ideal, na minha opinião, mas também tem lógica.
Tanto que foi Émerson que abriu o placar em meados dos 30min do segundo tempo. Depois de ótimo passe de Danilo, que também estava mal no jogo até alí, Émerson passou por um marcador, driblou o Romarinho pra ele sair da frente, chutou bem e acertou o canto do gol. Émerson Sheik dando sequencia a boa fase, agora.

Antes do gol Tite preparava outra substituição: entraria Jorge Henrique e sairia Guilherme. Uma substituição para buscar a vitória, ir pra cima e matar o jogo.
Só que saiu gol, e ele mudou de idéia. Saiu o Romarinho. Pra mim isso foi trocar seis por meia dúzia. Mantém a estrutura tática e os dois faziam praticamente a mesma função com a mesma competência.
Nisso o Corinthians, visto que ganhava o jogo, começava a deixar o adversário ficar com a bola, só esperando o apito final. Sem ameaçar. Todos estavam satisfeitos com o resultado, salvo o Sheik que entrou pilhado e tentava alguma coisa.
Aí veio o castigo. Aos 41 do segundo tempo o XV chegou ao gol de empate com um belo chute de longe. Um lance sem pretenção, mais na base do "vou tentar, vai que dá certo" e saiu o gol. E ja era tarde para tentar mudar o placar. O Corinthians perde 2 pontos e o XV ganha 1.


Minha impressão do jogo foi que o corinthians perdeu dois pontos por achar que poderia vencer a partida a qualquer momento, mas não o fazia. Tentava fazer golaço, mas não fazia. Queria entrar tocando bola até a linha do gol, mas não fazia. Teve inúmeras chances de chutar de longa e média distancia, mas procurava o passe, as vezes até voltava o jogo. Das finalizações poucas foram realmente perigosas.

Até lembrei do texto do Daniel, "A mágica de só jogar bem quando quer". O Corinthians perdeu os pontos por displicência, por não ter a gana de fazer o gol. Por não ver que o gol chorado, contra, vale o mesmo que o gol de bicicleta, voleio, olímpico. Não venceu por que não quis vencer desde o início. O jogo era igual aos ultimos dois, onde goleamos, a diferença é que faltou vontade de marcar gols nesse. Quis vencer fazendo golaço, jogando bonito e nesse "preciosismo", como definiu bem o Caio Ribeiro da globo, acabou sedendo o empate.

E eu que achei que a sídrome dos empates tinha acabado..


Conceitos Individuais dos Guerreiros

Danilo Fernandes: Médio. Fez uma boa defesa no primeiro tempo depois foi espectador. Não teve culpa no gol.
Alessandro: Médio. Levou umas bolas nas costas, mas nao comprometeu, e na frente apareceu menos fez pouco.
Gil e Chicão: Médios. Novamente seguros nas poucas decidas do adversario. Não culpo no empate, mas cochilaram como todos.
Fábio Santos:Médio. Aparecia bem na frente, mas nao foi efetivo e demorava na recomposição .
Ralf:Bom. Defendendo sobrou categoria. Chegou muito a frente e foi o unico que arriscou chutes de longe, faltou pontaria.
Guilherme: Ruim. Muito sumido no jogo. Precisava aparecer
Renato Augusto:Bom. Jogou muito, principalmente no primeiro tempo, mas também faltou chutar em gol.
Danilo: Médio. Estava sumido até a entrada do Sheik, aí começou a chamar jogo e deu o passe pro gol.
Romarinho:Ruim. Se movimentou bastante mas nao foi efetivo. Me parece que joga melhor quando entra do segundo tempo.
Guerrero:Ruim. Não era jogo pra ele. Era jogo de movimentação e ele nao tem tanta. Nao chutou em gol. A melhor chance q teve, procurou o passe e errou.
Emerson: Bom. Entrou ligado, e fez um golaço.
Jorge Henrique: Ruim. Nao fez nada e desperdiçou o ultimo lance com um toque ridiculo pra ninguem.
Tite: Ruim. Substituiu mal, deveria ter mantido o Guerrero e mudar a tatica para 3 atacantes. Foi covarde na segunda substituição, e possibilitou a reação adversaria.

Próximo jogo é novamente pelo Paulista, contra o Guarani fora de casa. Temos a obrigação de voktar com 3 pontos, pra chegar ao objetivo que é o G4 antes da volta da libertadores
Concorda com a análise? Comente!

VAAAAAI CORINTHIANS!

Campeonato Paulista 2013
13 jogos - 5 vitórias 7 empates e 1 derrota
22 pontos
7º colocado

Texto de Icaro Scuteri para o Blog do Fiel Corinthiano

Twitter: @Icaro_Scuteri
Tumblr: Icaro Longe Do Sol
Ps. Grande parte deste texto foi escrito via Smartphone, por motivo de: só tinha esse jeito. Não teve como passar corretor, entao desculpem qualquer erro de grafia ou formatação.

0 comentários:

Postar um comentário