Quando a crítica vira ingratidão

♠ Publicado por Daniel Keppler em ,,, às 16:48
 
Esse post é fruto do que ando lendo em alguns fóruns de sites corinthianos por aí. Desculpe de alguém se sentir atingido, dou todo o direito de resposta a qualquer um que queira. Mas não vou deixar de falar algumas coisas antes disso.

Incrível o que uma derrota faz com alguns torcedores.

SIM, sei que a temporada não está fácil. A "empatite" voltou com força, o time não encaixou o bom futebol, não conseguimos pontos importantes...

Mas eu ainda penso duas vezes antes de criticar. Tenho que pensar. Devo essa reflexão prévia ao Corinthians.

Afinal, vivo como torcedor uma fase de vitórias raríssima no futebol. Títulos seguidos, vendo o time jogar o fino da bola contra adversários que tinham tudo pra criar muitas dificuldades. E nessas horas fui Fiel. Como devo ser em todos os momentos.

Como fui em 2007, quando tinha a OBRIGAÇÃO de gritar o nome do meu time e de estampar suas cores mesmo nas derrotas mais amargas.

Pois é disso que se trata o Corinrthians. O ato de ser corinthiano passa diretamente pelo sofrimento na vitória E NA DERROTA.

Mas parece que uma parte da torcida se esqueceu disso. Parecem estar achando que agora somos um time "especial", imune a tropeços. Que tem que vencer a todo custo, sempre e sempre.

Não é bem assim. Nunca foi.

Meus caros, o Corinthians nasceu como um time operário que desafiou a ordem regente, que se colocou entre a elite pra se tornar o Campeão dos Campeões. Sempre cresceu nas adversidades e se destacou nacionalmente como o time da virada, das grandes conquistas perante todas as adversidades possíveis.

Somos a torcida que viu o Corinthians jogar um Paulista com 2 jogadores a menos pois o Palmeiras não permitiu a substituição dos atletas mortos em um acidente.

Somos a torcida que sofreu pelo Corinthians "Faz-Me-Rir" de 1961, que sofreu goleadas históricas de todos os rivais, mas que se manteve me pé, com toda a dignidade que nós, torcedores, merecemos.

Somos a torcida que se multiplicou durante os 23 anos de tabu, deixando de ser torcida pra se transformar em LENDA: torcida eternamente Fiel, eternamente com o Corinthians, onde e como ele estiver. 

Não é essa a promessa que você fez ao Timão?

Então me respondam: porque tantas críticas ferrenhas e mesquinhas diante de algo que sequer pode ser chamado de crise? Nem má-fase chega a ser!

Vocês ignoram os milhares de quilômetros de viagem feitos em um curtíssimo espaço de tempo, ignoram erros da arbitragem contra nós, ignoram manobras de bastidores contrários ao time e que estão fora da nossa alçada, ignoram dificuldades como altitude e gramado sintético e fazem dos tropeços em campo uma TEMPESTADE EM COPO D´ÁGUA! Lamentável.

"Saudade de Lula e Teixeira. Éramos fortes nos bastidores, agora não."

"Volta Andres. Gobbi não serve para o Corinthians."

"Tite deveria continuar no Corinthians?"

"Fora do Timão, Danilo / Sheik / JH / qualquer outro jogador que vá mal em um jogo"

Vocês por acaso não sabem mais como apoiar o time após uma mera derrota? A primeira em mais de DOIS ANOS de Libertadores?

Acham que os dirigentes responsáveis pela manutenção do elenco que nos deu Libertadores e Mundial em 2012 merecem ser criticados pelas ações da CONMEBOL, uma entidade que SEMPRE foi amadora nas tomadas de decisões?

Quer saber? Vocês não são do Bando de Loucos. São, sim do Bando de INGRATOS. Só se importam em gritar "Vai Corinthians" na vitória e jogam no LIXO nosso passado sofredor. 

Lembre-se que exatamente esse passado sofredor que faz do Corinthians o que ele é hoje. Trata-se da nossa essência, e tem de ser exaltado, e não jogado pra debaixo do tapete. 

Não sou exemplo pra ninguém, e nem é minha pretensão, mas a primeira coisa que fiz hoje ao acordar foi colocar minha camisa do Corinthians. Porque meu orgulho pelo Timão não é seletivo. Tenho que exaltá-lo em todos os momentos!

Quando a crítica vira ingraditão, é porque algo está errado com seu corinthianismo. E o Corinthians não merece torcedores pela metade.

Pensem nisso.

2 comentários:

  1. Fantástico. Penso isso toda vez q vejo algum corinthiano criticar sem razão. Parabéms!

    ResponderExcluir
  2. Na. Vitória ou na derrota,
    #aqui é corinthians!!!!

    ResponderExcluir