Dá pra criticar o Corinthians sem ser injusto com nossa história recente?

♠ Publicado por Daniel Keppler em ,,,,, às 23:07

Fala Fiel!

Sempre que o Corinthians não joga tão bem uma partida, os torcedores se dividem em dois grupos bem definidos. Um deles diz que o time tem crédito pelo que tem feito desde 2009, e que sempre joga bem quando o jogo vale alguma coisa. Já o outro grupo reconhece as conquistas recentes, mas critica mesmo, time e jogadores. Acham que justamente pelo time ter ganhado o que ganhou é que tem que se impor e mostrar melhor desempenho.

E aí fica o dilema: como valorizar as recentes conquistas do Corinthians, e ao mesmo tempo cumprir seu papel de torcedor, cobrando do time as vitórias e boas atuações que nós SABEMOS que ele pode nos entregar?

Já se passaram cinco meses desde o título mundial, no Japão. Desde então, vimos o Corinthians investir em três jogadores de ponta, sendo uma das contratações a mais cara da história do futebol brasileiro
 
Em seguida, vimos a diretoria divulgar o balanço patrimonial do clube, que revelou nosso faturamento na casa dos R$ 325 milhões em 2012. Poderemos esse ano estar entre os 20 clubes com maior faturamento no mundo, no estudo Delloite Football Money League, feito todo ano pela respeitada consultoria inglesa. E com certeza seremos o único das Américas a figurar por lá!

Faltam R$ 47 milhões pro Corinthians alçançar o 20º time com maior faturamento no mundo (atualmente o Napoli-ITA)

E então confrontamos essa realidade com o desempenho do time.

Com a derrota de hoje, são 24 partidas. Vencemos a metade (12), empatamos nove e perdemos três. Foram 39 gols a favor e 18 contra.

Na Libertadores, estamos 100% em casa. Temos a melhor defesa, e seremos um dos 4 melhores times da fase de grupos.

No Paulista, vencemos 44% dos jogos (8 em 18). Somos o time que mais empatou. Estreamos com uma derrota em casa. E somente a defesa nos dá algo de bom a dizer: até essa rodada tínhamos a segunda melhor defesa entre os 20 clubes.

As maiores críticas são sobre uma aparente falta de vontade dos jogadores quando o jogo é do Paulista. Em várias partidas, o Corinthians saiu na frente mas permitiu o empate - ou a derrota, como ocorreu pela primeira vez hoje. A pontaria não tem sido das melhores, e a falta de "pegada" em algumas partidas estariam incomodando. Sem falar que, exceto o Gil, todos os outros jogadores já foram responsabilizados por alguma jogada ruim do Corinthians.

Outras críticas que estão rendendo muita discussão são sobre os próprios torcedores. Os que acham que o time tem crédito pegam pesado com os que não admiten a falta de bom futebol. Chegam a chamar esses torcedores de "modinha", ou de "antis". 

Mas, será que a essa altura do ano, o título mundial ainda dá ao Corinthians o "direito" de jogar um futebol apenas regular? Ou isso é compreensível, em parte, por tratar-se de início de temporada?

Na verdade, todos esses questionamentos têm um pouco a ver com a forma como o Paulista é tratado pela Fiel. Muitos admitem e reconhecem um fato: o Paulista, hoje, vale muito mais pelo simbolismo e pelas receitas do que pelo futebol em si.

Justamente por isso muitos defendem que o campeonato fosse, na fase inicial, disputado por reservas e juniores. Mas é justo criticar o Corinthians por ele tratar a sério um torneio que só pega na fase final? 

É justo entrar em campo e tirar o pé? Você acha que algum jogador faz isso?

BOM, dito tudo isso, vou falar o que acho. Porque seria muito fácil jogar várias opiniões alheiras aqui e não me responsabilizar por nada...

Eu acredito que, hoje em dia, QUALQUER CORINTHIANS que entre em campo tem muitas condições de vencer qualquer jogo. A filosofia de trabalho do elenco é praticamente a mesma desde que Tite foi contratado... para alguns jogadores desde a era Mano Menezes. A maioria do elenco treina junto há dois anos, tempo o bastante pra que não se possa falar em "desentrosamento".

Foi esse elenco que jogou partidas épicas, no limite da raça, da disposição... da vontade de vencer. Será mesmo que o tamanho do adversário abala tanto assim essa vontade, a ponto de o time perder toda a regularidade e eficiência?

Não que seja a favor de radicalismos, também. Não vejo culpados pelos empates e derrotas... acho que todos respondem pelo desempenho do time. Assim como todos responderam pelas conquistas em 2012.

Também não concordo com os que toleram os tropeços, pois a primeira fase do Paulista não vale nada e o Corinthians vai jogar bem quando o jogo valer. Oras, quem paga os jogadores, a Federação Paulista ou o Corinthians? E os jogadores, são pagos por mês ou POR JOGO? Então porque é aceitável que se jogue bem apenas as partidas "que valem"?

Com relação à falta de vontade dos jogadores em algumas partidas, também tenho uma opinião. Sem inocência nem utopia, Fiel: eu acredito sinceramente que jogar no Corinthians tem que ser motivação de sobra pro jogador se doar por inteiro em campo. Afinal, o cara chega, é bem recebido por uma Nação que paga caro pelo seu ingresso e lota o Pacaembu NÃO IMPORTA O ADVERSÁRIO, tem as MELHORES CONDIÇÕES de trabalho possíveis, ganha EXCELENTES SALÁRIOS (pagos EM DIA, aliás)... 

Imaginem se a torcida também só fosse aos jogos "que valessem"...

Que motivação mais um jogador do Corinthians precisa pra jogar tudo o que sabe? Pra se entregar? Pra honrar a camisa alvinegra?

Enfim. Acho que ficou claro. Nessa "briga" estou do lado dos que criticam. Eu critico. Respeito profundamente os que não o fazem e se justificam de todas as formas pra agir assim.

Mas o Corinthians só é hoje o que é porque sempre teve uma torcida presente, politizada, participativa (até demais às vezes) e engajada, que quer o bem do time e não deixa os jogadores tirarem os pés do chão. Essa é nossa marca. É nossa tradição. É NOSSA OBRIGAÇÃO.

Título mundial é bom, é legal... mas só vale por 12 meses. Depois, só fica pra História.

Então, Corinthians, por obséquio: VOLTE A JOGAR BEM! Estaremos aqui esperando, ansiosos!

(Esse post foi feito após debate no grupo da Rádio Timão no Facebook, que contou com a colaboração de: Marcos Gustavo Tenório, Rafa Martinelli, Pablo Henrique, Anderson Dias, Juh Silva Júnior, Adílio Fernandes e Hikaro Arthur)

2 comentários:

  1. O 2º gol saiu de uma falha do Gil.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade! Mas não senti nos torcedores com quem debati uma irritação com o Gil... talvez por ter sido a primeira falha. Ou talvez porque todos foram mal no segundo tmepo. Enfim, há de se convir que ele tem tido atuações bem regulares, até além da expectativa de muitos - e pra alegria de todos!

      Excluir