A marca da Arena - Parte 1: Etihad Airways

♠ Publicado por Daniel Keppler em ,,,, às 04:00

Fala Fiel!

Vou começar hoje mais uma série de posts, e essa é bem interessante... vai tratar das empresas candidatas a comprar os naming rights da nossa Arena!

Sim, eu sei que ninguém do Corinthians fala oficialmente quais são as empresas que negociam com o clube. MAAAASSS... informações aparecem aqui e ali, e umas mais fortes que outras. É em cima disso que vou trabalhar.

Achei importante tratar desse tema pois é grande a chance de uma das empresas-tema dessa série ser de fato a compradora do nome do estádio. E nessa condição, essa empresa vai vincular por DUAS DÉCADAS seu nome ao do Corinthians.

Não te interessa saber de que tipo de empresa estamos falando? Mesmo que eu esteja, nesse momento, baseado em especulações? A mim interessa!

E vou começar falando da que (dizem) ser a favorita.

ANÁLISE DE MARCA: ETIHAD AIRWAI
(EMIRADOS ÁRABES UNIDOS)

Quem falou nessa empresa: A coluna De Prima foi a primeira a citar a Etihad (LINK), ainda que indiretamente. Isso pois a coluna só citou que se tratava de uma "companhia aérea dos Emirados Árabes [...] com grande interesse no mercado brasileiro com a abertura de vôos Abu Dhabi-Brasil.".

Você pode pensar que se trata da Emirates, como muito se falou. Mas não, não é. A Emirates não cuida da rota Abu Dhabi-Brasil, mas sim da rota Dubai-Brasil. Quem começará a ter vôos de Abu Dhabi é a Etihad, a partir de junho desse ano (veja nesse LINK).

Aí você pode pensar que a Etihad entrou nesse rolo por causa do especulado interesse da Emirates, certo? Errado, de novo... isso pois essas companhias não são concorrentes. Elas fazem rotas totalmente diferentes e além de tudo, são partes de uma só aliança: a Arab Air Carriers Organization.

Esclarecidos esses pontos, vamos lá. Que empresa é a Etihad Airways?

A Etihad é a companhia aérea nacional dos Emirados Árabes Unidos. Foi fundada somente há dez anos (em 2003) e já é a 10ª maior do mundo.

Uma curiosidade: ela começou suas atividades com dois Airbus 330-200 alugados da TAM (a brasileira, ela mesma)... e ainda contou com o "auxílio" de 24 comissários da empresa pra iniciar suas operações. Pode isso? 

Enfim, voltando... foi a Etihad que, em 2007, encomendou unidades do Airbus 380-800, o maior avião do mundo. Além disso, ela já recebeu 30 prêmos de excelência na sua história, incluindo o de "Melhor Primeira Classe do Mundo", em 2010.

Hoje em dia, a empresa trabalha cm 86 destinos em todos os continentes, tem 70 aeronaves (mais 97 encomendadas) e faturou US$ 137 milhões em 2012. Além disso, possui participações acionárias em outras companhias: 29% da alemã Air Berlin (a 6ª maior da Europa), 40% da Air Seychelles, 3% da irlandesa Aer Lingus, 10% da Virgin Australia e 24% da indiana Jet Airways.

Mas e o que isso tem a ver com esporte?

Tem TUDO a ver! Isso porque a Etihad é MUITO engajada nos esportes, e patrocina de esportes aquáticos até rugby... veja abaixo:

Harlequins Rugby Club (Reino Unido - desde 2007)
A Etihad renomeou o estádio do time inglês de rugby, que por sinal já foram campeões nacionais e estiveram entre os melhores times do continente nas últimas temporadas.

Camisa do Harlequins

GP de Abu Dhabi de Fórmula 1 (desde 2008)
Desde que a inserção do circuito no calendário da F1 foi anunciado, já se sabia que a Etihad seria uma das patrocinadoras. Um mês antes de cada corrida, as palavras "Formula 1 Etihad Airways Abu Dhabi Grand Prix" e o logotipo da Fórmula 1 aparecem no corpo dos aviões da empresa.

Avião persolizado com a publicidade do Grande Prêmio

Pódio do GP: veja ao fundo a marca da Etihad

Scuderia Ferrari (Itália, desde 2008)
A Etihad é uma das patrocinadoras da mais tradicional escuderia da Fórmula 1. No ano anterior, a companhia havia patrocinado a pequena Spyker, mas como a mesma foi comprada em seguida pelo dono de uma empresa concorrente, a Kingfisher Airlines, optou-se pela mudança na equipe patrocinada. 



All-Ireland Senior Hurling Championship (Irlanda, desde 2008)
O hurling é um esporte irlandês de origem celta, parecido com o hóquei. E a Etihad patrocina o torneio principal do esporte. Primeiro, de 2008 até 2010; então houve uma primeira renovação, até 2012; depois, por mais cinco anos, até 2017.

Etihad patrocinando evento publicitário do hurling, na Irlanda

Docklands Stadium (Austrália - desde 2009)
Até 2019, o nome desse estádio, localizado em Melbourne, será Ethad Stadium. Especula-se que o valor pago gira em torno de US$ 5-8 milhões anuais.

Vista aérea do estádio, em Melbourne

Manchester City (Inglaterra, desde 2009)
Um dos maiores patrocínios; foi anunciado em maio de 2009, e o acordo inclui a mudança do nome do estádio do City também para Etihad Stadium. O City foi campeão inglês na temporada 2011-12.





Abu Dhabi Golf Championship
A Etihad é a companhia aérea oficial do torneio, e também uma de suas patrocinadoras "Diamante". O torneio é um dos mais importantes do esporte; é disputado por 120 golfistas profissionais, que brigam pelos US$ 2 milhões oferecidos em premiações.


Sydney Opera House (Austrália)
A Etihad é uma das patrocinadoras do Opera House, um dos mais importantes destinos culturais da Austrália e do mundo. Todo ano, mais de 8,2 milhões de pessoas visitam o local, que abriga 1.800 performances com a participação de 1,4 milhão de pessoas.


Equipes e clubes locais
Existe um forte apoio da Etihad aos esportes nos Emirados Árabes. A companhia patrocina quatro equipes:Abu Dhabi Rugby Union Football Club (rugby), o Abu Dhabi International Sailing School (vela), o Abu Dhabi International Marine Sports Club - ADIMSC (esportes aquáticos), bem como o Al-Jazira Club (futebol).    

A Etihad patrocinou a primeira equipe árabe a participar da Volvo Ocean Race, em 2011
 
CONCLUSÃO

Vi muitos corinthianos desprezando a ideia de uma empresa como a Etihad ser a marca da Arena. Isso, devido ao fato de que há apenas uma rota operante entre Abu Dhabi e Brasil.

Mas, vendo a extensa gama de patrocínios que a empresa possui, será que fica tão difícil assim considerar a ideia, ou mesmo tratá-la como uma possibilidade?

O que é o potencial de retorno financeiro do Corinthians se comparado ao de um torneio de hurling, esporte desconhecido do grande público? Ou de um time de rugby semi-profissional do Reino Unido?

Você leu aqui que a Etihad tem um contrato de naming rights com o Docklands Stadium. O valor total do contrato ficará entre US$ 50 e 80 milhões. Uma pechincha perto do que o Timão quer - e precisa. Será que esse estádio dá tanto retorno quanto a nossa Arena pode oferecer?

Por fim, alguns números: em 2004 a Etihad fez uma encomenda de US$ 8 BILHÕES em aeronaves à Boeing. cinco anos depois, em 2009, foram mais US$ 43 bilhões em até 205 aeronaves e outros US$ 14 bilhões em motores. Já em 2011, mais US$ 2,8 bilhões para a Boeing - encomenda que fez a Etihad se tornar a maior cliente mundial do modelo 787 da Boeing.

Será MESMO que uma empresa desse porte, às vésperas de dois eventos globais no Brasil - que irão movimentar milhões de turistas -, não poderia se interessar em firmar seu nome no Brasil e na América do Sul?

E porque não usar nossa Arena pra isso?

Espero que tenham gostado! O próximo post é sobre a Cervejaria Petrópolis - fabricante da Itaipava!

9 comentários:

  1. Camarada...a Etihad já era a minha preferência(não que a minha preferência importe na verdade) , essa marca tem TUDO pra encher nossos cofres de dinheiro e nossos olhos de orgulho do Todo Poderoso.

    ResponderExcluir
  2. não e só por isso que a ETIHAD que patrocinar o timão e que a copa de 2022 e lá eles querem promover o pais deles e a marca imagina o tanto de sul-americanos que vão para lá o timão e um time respeitado na america e visado imagina o melhor estadio do mundo tendo o nome da empresa aerea mais luxuosa do mundo

    ResponderExcluir
  3. Lendo noticias na net Descobri que a Etihad irá pagar 100 milhões de Libras (309 milhões de reais) para o naming rights do Manchester City em apenas 10 anos....não à toa o Corinthians quer pedir 450 milhoes por 15 anos....e tá certo mesmo...veja: http://www.guardian.co.uk/football/2011/jul/07/manchester-city-naming-rights

    ResponderExcluir
  4. Por favor, o Departamento de Marketing do Corinthians tem que ficar de cima dessa empresa. Com um faturamento como esse poderia não só estampar a marca no estádio, como no uniforme do clube.

    ResponderExcluir
  5. Etihad Corinthians Arena....show de bola!!!!!!

    ResponderExcluir
  6. Para com essas coisas amigo. Faz mal para o fígado dos antis.

    ResponderExcluir
  7. O nome do estádio poderia se chamar:

    Arena _________ Dr. Sócrates Brasileiro.

    Em homenagem ao grande doutor da democracia Corinthiana, o espaço é destinado aos Naming Rights.

    ResponderExcluir
  8. detalhe da cor preferida da Etihad...preto e branco

    ResponderExcluir