100 dias, sem justiça

♠ Publicado por Daniel Keppler em ,, às 15:23

Quando nós, da República Popular do Corinthians, tivemos a ideia de criar o Relógio da Injustiça, como símbolo de um protesto pelos 12 brasileiros e corinthianos presos na Bolívia em condições sub-humanas, não pensava que ia vê-lo chegar ao terceiro dígito. Mas o dia chegou: 100 dias de cadeia para os que foram à Bolívia apenas ver mais uma vitória de seu time.

Falar sobre todas as podridões revoltantes que permeiam o caso é chover no molhado. O que há de se dizer ainda sobre o acobertamento covarde da mídia com relação ao tratamento que eles estão recebendo em Oruro? O que dizer ainda sobre a omissão mais covarde ainda do nosso governo?

O que falar mais da investigação que não houve? Da perícia que não aconteceu? Das prisões arbitrárias? Das denúncias de tortura não investigadas? Do processo porcamente mal feito, sem provas, que colocam UM sinalizador nas mãos de DOZE pessoas ao mesmo tempo? De uma polícia que garante na base da palavra que o sinalizador do video (a única prova do "crime" aliás) é o que matou o jovem Kevin? 

O que comentar a respeito dos R$ 5 milhões que a família de Kevin (aquela mesma família que só queria justiça) queria cobrar de indenização do Corinthians? E sobre a propina de R$ 220 mil cobrada pelo advogado dos Espada pra livrar a cara dos corinthianos?

E ainda: o que responder às pessoas que dizem que a Bolívia é "o país mais seguro do mundo porque tem doze corinthianos e todos estão presos"? O que esperar para essas pessoas?

A essas pessoas, não há o que se dizer. Há apenas o que lamentar. Não há futuro pra uma sociedade desgastada pela hipocrisia nem remédio pra curar um povo contaminado pela imbecilidade. Se uma pessoa nasce idiota, vai continuar sendo até morrer. E é isso que cada um que comemora o sofrimento alheio é: um perfeito hipócrita, imbecil e idiota.

Hipócritas, imbecis, idiotas e burros: só a burrice justifica alguém achar que alguma justiça está sendo feita até o momento. Que justiça é essa que mantém brasileiros encarcerados no exterior sem que nenhum julgamento sequer tenha sido marcado?

Aos doze, fica a mensagem: estamos de olho. Não nos esquecemos. Vamos lutar com nossas armas, para que esse caso seja tratado como merece. Vocês são brasileiros, e merecem ser tratados como tal. A justiça vai ser feita!

Liberdade aos doze inocentes! Já!


0 comentários:

Postar um comentário