Pós-jogo Corinthians 0x0 São Paulo - Ruim pra todo mundo

♠ Publicado por Icaro Scuteri em ,,,,, às 23:07
Eae Fiel!

O Coringão veio ao Pacaembú neste domingão, para enfrentar, mais uma vez o São Paulo, agora pela nona rodada do Brasileirão 2013.

Os onze titulares foram: Cássio, Edenilson, Gil, Paulo André, Fábio Santos, Ralf, Guilherme, Danilo, Romarinho, Émerson e Guerrero.


O jogo foi ruim.

O São Paulo, numa crise sem precedente veio fechado, disposto a se defender e sair com um ponto, pois uma derrota, de novo para nós, poderia ser ainda mais catastróficas.

O Corinthians até iniciou bem a partida e criou boas oportunidades, até que se "acalmou" e passou a não pressionar muito o adversário, como se fosse vencer quando e como quisesse.

Assim o adversário teve tempo e espaço para acertar sua marcação, povoar o meio campo, e nos deixar poucos espaços.

O Corinthians não ameaçou mais, salvo uma boa jogada do Romarinho, no primeiro tempo. Os homens de frente não recebiam a bola com qualidade, pois a armação não funcionava, e o adversário que tentava buscar contra-ataques, não aproveitou nenhum, pela falta de qualidade, e paravam em Gil, Paulo André e Ralf.


No segundo tempo, a expectativa era que melhorasse, mas não se confirmou.

O rival continuou com sua postura defensiva, e marcando bem o meio campo, e o Corinthians errava muitos passes, e perdia a boa com facilidade, não havia infiltrações nem chegadas de surpresa. Era previsível, e chato.

Com pouca movimentação dos homens de frente, e a clara falta de criatividade no meio campo, Tite promoveu uma substituição que deveria ter sido feita no intervalo, entrando de Alexandre Pato e Renato Augusto nos lugares de Émerson e Danilo, aos 18min de jogo.

Já nos primeiros momentos de campo, Alexandre Pato teve uma grande chance de marcar e desperdiçou. Após lançamento de Guilherme, o atacante recebeu nas costas dos zagueiros e velocidade, olhou para o gol e chutou cruzado tirando de Rogério Ceni. Tirou de mais e a bola foi pra fora.

Visivelmente o Corinthians melhorou. Renato Augusto com passes precisos e ótima movimentação de ataque, fez a bola chegar mais. Pato entrou bem, disputando bolas com os zagueiros e com bom posicionamento na área. Teve sua oportunidades e desperdiçou-as

Danilo passou a buscar mais o jogo, quando começou jogar melhor, foi substituído.
Entrou Douglas aos 33 min de jogo.

Douglas melhorou a saída de jogo, e com dribles curtos e bons lançamentos, fez o Corinthians chegar mais e ensaiar um "abafa", no fim da partida.

Infelizmente já era tarde, e o empate prevaleceu.


O empate ficou ruim para todos. Para o Corinthians, que perdeu a oportunidade de embalar na competição, afundar ainda mais um rival e principalmente vencer em casa, que é obrigação, que não vem sendo cumprida. Para o time de Vila Sônia, que continua mergulhado na crise e sem saber o que é vencer a muito tempo, e principalmente sem saber o que é vencer a nós. E para a torcida presente que viu um jogo fraco, sem grandes emoções e indigno da grandeza do clássico.

Não credito a nossa campanha ruim até aqui a erros em escalação, apesar de não concordar com uma ou duas peças que o Tite insiste. Acredito que o que falta ao Corinthians é o espírito de mata-mata. Essa foi a mesma equipe que a poucas semanas venceu este mesmo time em duas oportunidades e de sagrou campeão. Por que desempenhos tão distintos?

Algo precisa ser mudado. A competição é longa mas acaba, e se não acordar logo, pode ficar tarde, e aí nenhum título de Recopa e Paulistão, serão suficientes para cobrir a decepção de uma (que já parece possível) não conquista de vaga na Libertadores-2014. Percebam que nem falo de título Brasileiro, por que para isso, a distancia está cada vez maior.

Conceitos Individuais dos Guerreiros:
Cássio: Médio. Quando foi exigido defendeu. Precisa melhorar a reposição de bola e parar de enrolar.
Edenilson: Bom. Cobriu com qualidade o lado direito da defesa, e foi boa opção de ataque quando subiu. Finalmente está me convencendo como lateral. 
Gil: Ótimo. Fez uma grande partida. Muito s desarmes, e apareceu bem no ataque, em bolas aéreas. 
Paulo André: Bom. Foi firme e não vacilou.
Fábio Santos: Péssimo. Avenida Fábio Santos teve trânsito fluindo bem hoje, quem escolheu esse caminho para atacar se deu bem.
Ralf: Ótimo. Monstro Incansável.
Guilherme: Médio. Quando avançou levou perigo, em um chute e um lançamento. Mas faz pouco isso. No geral é pegar a bola e tocar atrás/de lado. Acho que precisamos nos acostumar que não temos mais um segundo volante excepcional e mas normal.
Danilo: Ruim. Só jogou os últimos 2 minutos antes de ser substituído.
Sheik: Péssimo. Não vi pegar na bola, além daquele cruzamento pro Gil no inicio do jogo.
Romarinho: Ruim. Fez uma ou duas boas jogadas, no resto do jogo ficou apático.
Guerrero: Ruim. A bola não chegou, e ele teve que ir buscar. Não deu certo e ainda levou um cartão.
Alexandre Pato: Médio. Apesar de ter perdido 2 gols, esteve lá para tentar fazê-los. Hoje teve mais vontade e brigou pelas jogadas. Pena aquela bola não ter entrado.
Douglas: Médio. Entrou bem no jogo, ao lado do Renato conseguiu jogar e criar oportunidades. Entrou meio tarde.
Renato Augusto: Bom. Entrou e mudou o jogo. criou jogadas para os atacantes, abriu jogo pelo, até então, nulo lado esquerdo e até chutou em gol. Deveria ser titular ou pelo menos ter entrado no intervalo.
Tite: Médio. Falhou na insistência em segurar nosso melhor meia no banco. Tentou corrigir no segundo tempo, embora meio tarde. Precisa motivar o time como em jogos de mata-mata para jogos do Brasileirão, antes que seja tarde.
  
Campeonato Brasileiro 2013
9 jogos - 2 Vitória 5 empates 2 derrotas
11 pontos - 40% aproveitamento
11º colocado.

Próxima partida será pelo Brasileirão, na quarta-feira (31), contra o Grêmio, no Pacaembu, novamente. A vitória é muito necessária, para iniciarmos essa reação, antes que seja tarde.

VAAAAAAAAI CORINTHIANS!

Texto de Icaro Scuteri (@ICARO_SCUTERI)

0 comentários:

Postar um comentário