Sport Club Flamengo Paulista? Nunca serão!

♠ Publicado por Daniel Keppler em ,, às 01:21

Fala Fiel!

Na nossa vida de torcedores, sempre tivemos que presenciar atletas indo e vindo do Corinthians. Esse fluxo de atletas, de técnicos, sempre existiu. Faz parte do futebol. Nesse fluxo, é normal um jogador sair de um clube grande e ir pra outro... o palmeirense Rogério fez isso, vindo pra cá. O Edílson, também. Mercelinho passou pelo Flamengo antes de voltar pro Timão. Enfim.

Outra coisa que sempre fez parte do futebol é a cópia de boas ideias. Tanto no futebol como na vida, poucas coisas são criadas... a maioria são copiadas mesmo. O melhor a se fazer é entender e seguir em frente... pois, se copiaram, é porque a ideia foi boa!

Agora, o que o nosso querido Flamengo anda fazendo NÃO FAZ PARTE DO FUTEBOL! Pelo menos nunca vi um time copiar um outro time inteiro! Ou ao menos tentar fazer isso!

É sabido que o Corinthians pós-rebaixamento mudou paradigmas. E como!

Mudamos a forma como um clube se planeja para se tornar vitorioso a médio prazo. Mudamos o conceito de marketing no futebol. Mudamos a forma de um clube se relacionar com sua torcida. Extrapolamos todos os limites de faturamento com renda, material esportivo, patrocínios... não é à toa que vencemos oito títulos desde 2009!

E não apenas isso: nos destacamos como o clube mais visado do país. O mais vencedor. E por que não, o maior?

Isso incomodou nossos colegas cariocas. Nas décadas de 1970, 1980, o Flamengo se acostumou com o apoio velado dos canais de comunicação para, com as transmissões de seus jogos para o Brasil, conquistar corações no Norte e Nordeste. E assim massificar sua torcida. As pesquisas sobre torcida, na época, apontavam uma vantagem de mais de 10 pontos percentuais do rubro-negro sobre o Corinthians.

Essa vantagem foi diminuindo a partir dos anos 1990, na mesma proporção em que os títulos nacionais do Corinthians aumentavam em quantidade, e os do Flamengo se escasseavam. De forma que, nas últimas amostragens, o empate técnico é uma realidade.

E então, passamos a ser vistos como uma referência... e toda referência acaba por ser copiada. Faz parte!

Mas, discrição sempre é aconselhável... a cópia tá muito descarada, urubuzada!

A chegada de Mano Menezes foi a cereja do bolo de um processo que, eu acho, começou de maneira inconsciente. Mas que agora, fica cada vez mais óbvio.

Lá atrás, em 2010, ele trouxeram para o Brasil o goleiro Felipe, que havia deixado o Corinthians depois de 193 jogos por problemas com a diretoria. Eles precisavam de um goleiro, já que o Bruno havia deixado o Flamengo para reforçar o time da penitenciária...

Mais recentemente, começaram o projeto Sport Club Flamengo Paulista de verdade. Contrataram uma auditoria pra avaliar as contas do clube. Estudam diversas alterações no estatuto, visando melhorias para os sócios e uma gestão mais eficiente. Então elegeram uma diretoria que parece estar pondo ordem na casa, e então a "cornthianização" começou de fato.

Primeiro trouxeram o Elias de volta. O volante se destacou no Corinthians entre 2008 e 2010, tendo disputado 154 jogos. Depois de ser vendido ao Atlético de Madrid e jogado ainda pelo Sporting, voltou ao Brasil por empréstimo, e para onde? Flamengo.

Então, Mano Menezes, que estava sem trabalho desde que saiu da Seleção, foi parar na Gávea. E com ele lá chegou uma série de indicações que se fossem levadas a cabo daria um belo ar alvinegro às praias cariocas.

Afinal, não bastavam Felipe e Elias. Mano precisava de mais jogadores pra tentar reeditar no Flamengo os anos vitoriosos de Corinthians. Então contrataram o André Santos, lateral esquerdo que brilhou entre 2008 e 2009. Foram três títulos em São Paulo.

Nesse meio-tempo, ofereceram R$ 400 mil mensais ao Emerson Sheik para ele não renovar conosco. Ainda bem que não fecharam, pois ainda têm que pagar R$ 690 milhões em dívidas (fonte)...

Além disso, foram feitas sondagens em Jorge Henrique, Chicão e Leandro Castán. Ao todo, sete ex-jogadores e mais um ex-técnico do Corinthians foram sondados ou contratados pelo Flamengo.

Parece pouco? Tome então, por exemplo, o Corinthians que foi a campo contra o Ceará, em 2008, no jogo que nos garantiu o retorno à Série A:


Felipe; Alessandro, Chicão, William e André Santos; Elias, Cristian, Douglas e Morais; Dentinho e Herrera. 
Técnico: Mano Menezes

Como vê, são quatro jogadores mais o Mano. Agora, veja essa escalação, do jogo final da Libertadores de 2012 contra o Boca Juniors:

Cássio; Alessandro, Chicão, Leandro Castán e Fábio Santos; Paulinho, Ralf e Alex; Jorge Henrique, Emerson e Danilo.
Técnico: Tite

Novamente, quatro jogadores. Só que desse time, o Flamengo não levou ninguém, ao contrário do que ocorreu com os ex-atletas de anos anteriores.

Claro que tudo isso pode ser uma grande coincidência. Lembre-se de que sou apenas um torcedor, sem acesso a nenhum tipo de informação privilegiada. Meu papel aqui é o de expor essa situação pra entreter a você, leitor!

Mas, de uma forma ou de outra, deixo aqui uma singela dica aos colegas flamenguistas: vocês podem contratar quem quer que seja, nenhum Corinthians, de nenhuma época, é passível de ser copiado. Existe algo aqui que só nós, corinthiamos, entendemos. E só quando um atleta passa por aqui ele entende o porquê de esse time ser tão especial. Não foi à toa que as melhores épocas desses jogadores foram aqui, e não aí.

Tentem, façam o que quiserem, mas sucesso igual ao do Corinthians, vocês não farão. Nem que se mudem para cá. Contentem-se com suas Taças Rio e Guanabara, com seus ídolos do passado e com sua imensa dívida trabalhista. Vivam o seu melhor, pois Corinthians, só pode existir um.

NUNCA SERÃO!

6 comentários:

  1. Excelente texto Daniel. Assim como você, eu também sou jornalista. Estava até pensando em fazer um texto para o site pelo qual sou colaborador sobre essa parada do Flamengo em nos copiar. Mas já vi que não será necessário. Mas só um alerta: o time do Corinthians que foi a campo em 2008 contra o Ceará, foi no jogo que nos garantiu ao retorno à SÉRIE A, não à SÉRIE B.
    Um abç.

    ResponderExcluir
  2. Corinthians...eles NUNCA SERÃO!
    Fora que o amadorismo ainda predomina por lá...apesar da nova diretoria estar tentando mudar isso.
    Abraços...
    ps: ÓTIMO TEXTO PARA VARIAR

    ResponderExcluir
  3. kkkkkkkk recalcados, vcs tabém tem vários jogadores ai que foram do flamengo, o Ibson, Maldonado, Renato Augusto,o Beijoqueiro do Emerson Sheik, Alessandro e outros. Jogadores sempre trocaram de times. vcs perdem tempo com sinalizadores e esquecem de aconpanhar o futebol. é muito fácil gozar com o pau dos outros, o que vc tem hj é graças a dinheiro público, o que era o corinthians antes do Lula, ficava nadando entre a primeira e a segunda divisão. Enquanto vc comemoram títulos os seu filhos estão sem escola e seus pais sem hospitais.

    ResponderExcluir
  4. Vocês que nunca serão e tentam copiar o flamengo com apoio da bandeirantes. vocês são FLA COPIA desde 1910.

    ResponderExcluir
  5. Tenho Nojo desse timeco Chamado Curinthia quer tudo que o flamengo tem e quer ser tudo que o Flamengo é até hj.Podemos passar 300 anos sem ganhar título vamos sempre ser a maior.Chorinho.lixo de time gambazento que chora aí só tem torcida por causa do Nordeste e que torce pra dois times.Só sou Flamenguista e ha tempos.nos somos grandes e vcs lixos paulistinhas correm atrás.Odio desse timeco lixo vcs que querem ser Clube de Regatas Corinthians jamais sserão maior e melhor torcida do mundo mandou abraços bjs recalcado e esse texto parcial.hiper lixo

    ResponderExcluir