O Corinthians tem duas opções nesta quarta: ganhar ou vencer

♠ Publicado por Daniel Keppler em ,,, às 16:10
Fala Fiel!

O Corinthians segue se preparando pra jogar contra o Santos, na Vila Belmiro. E o momento não podia ser melhor!
O último jogo contra o Santos traz excelentes recordações para nós
Eles ainda estão procurando Messi, Neymar e seus companheiros nas ruas e esquinas próximos ao CT Meninos da Vila. Temem que possam levar o 9º gol do amistoso, a qualquer momento.

Já o Corinthians, conseguiu vencer dois jogos seguidos. Finalmente. Não que o time estivesse em crise, pelo contrário: como falar em crise quando percebemos a situação dos outros rivais? Santos e São Paulo estariam implorando pra viver a "crise" que tentaram plantar por aqui...

Primeiro, por causa da falta de resultados... e de gols. Foram três jogos (e 320 minutos) sem marcar, até chegarmos ao incômodo 12º lugar na tabela. E depois, por conta da dispensa do Chicão - da qual não vou falar, pois tem muita coisa ainda mal-explicada e não quero falar besteira.

O fato é que agora estamos em sétimo na tabela, e dos paulistas, somos os melhores. Os são-paulinos estão acabando sua excursão por Europa e Ásia, e logo menos voltam à realidade dura e triste do Brasileirão: a zona de rebaixamento.

Já o Santos, bem, como esquecer dos 8x0... como deixar pra lá a humilhação? Bem que a torcida (parte dela) tentou relevar ("ah, mas é só um amistoso"), só que jogadores e diretoria perceberam o tamanho da burrada e até nota oficial soltaram, pedindo desculpas pelo vexame. Agora, vêem no jogo contra o Corinthians a chance de se redimirem. Não podemos permitir.

Por mais que tenha um time forte e competitivo, em certos momentos o Corinthians sofre de um mal irritante: o Complexo de Robin Hood. Vence todos os times que estão no topo da tabela e perde pontos inexplicáveis contra os que estão nos últimos lugares. Nisso, ressuscitamos equipes praticamente mortas, e perdemos gordura no campeonato. Já deixamos de vencer de forma mais tranquila alguns campeonatos, por conta disso.

Em 2005, com o supertime montado pela MSI, tínhamos tudo para vencer o Brasileirão com folga - tanto que chegamos a abrir 10 pontos sobre o vice-líder. Mas derrotas como as duas sofridas diante de um São Caetano (0x2 e 0x1), que há tempos não era mais o bicho-papão de anos anteriores, atrasou nossos planos. E ainda permitiu que ganhássemos o campeonato com apenas três pontos de vantagem sobre o Inter, e desse brecha para os antis falarem que, se não fosse o pênalti não marcado sobre o Tinga, pelo Márcio Rezende, talvez não tivéssemos ganhado a taça.

Cinco anos depois, em 2010, conseguimos fazer pior e resolvemos perder pro lanterna logo de uma vez. E em casa. Quem se esqueceu daquele 4x3 para o Atlético-GO em pleno Pacaembu? Que chegou a ser 4x1??? Eu não!


Ah, não custa lembrar que ficamos TRÊS PONTOS atrás do Fluminense, que acabou sendo o campeão daquela temporada.

Já na campanha do penta, em 2011, duas derrotas chamaram a atenção: a primeira, na 13ª rodada, contra o Avaí, que estava na zona de rebaixamento e até então tinha conquistado somente dois pontos em cinco jogos em casa. Relembre os gols desse jogo:


A segunda ocorreu na 33ª rodada, na reta rinal do campeonato: o JÁ REBAIXADO América-MG nos venceu por 2x1. Revejam esses gols:


Ganhamos esse campeonato por dois pontos. E se o Vasco tivesse vencido um jogo a mais, como seria?

Enfim, são só uns exemplos. Se eu pesquisar mais a fundo vou lembrar de outros jogos, que empatamos ou perdemos contra times em condições MUITO PIORES que as nossas. E é isso que precisamos evitar.

Isso pois, normalmente, essas equipes perdem a maioria dos confrontos contra nossos rivais diretos na luta pelo título. E se nós perdemos pontos pra equipes que não tiram pontos de mais ninguém, saímos prejudicados.

Sem falar que sempre há o risco de a tal equipe reagir e melhorar, e assim acabamos perdendo a oportunidade de bater no time enquanto ele está quase morto.

Não sei quanto a vocês, mas pra mim já foi difícil entender aquele 0x0 contra o São Paulo. Não consigo admitir nenhum placar que não seja a VITÓRIA contra o Santos, amanhã. É a chance de voltarmos ao G-4 e engrenarmos de vez nesse Brasileirão!

E vocês, como vêem essa partida? Comentem!

0 comentários:

Postar um comentário