Pós-jogo Corinthians 2x0 Grêmio - Pra tirar a "zica" do Pacaembu

♠ Publicado por Icaro Scuteri em ,,, às 10:42
Eae Fiel!

O time foi o mesmo que vinha tendo más atuações no Brasileiro, com a única alteração na lateral esquerda, por conta da suspensão do Fábio Santos, que foi substituído por Igor.


O mesmo time, mas uma postura diferente.

O Corinthians, apesar de iniciar em marcha lenta, após os 15 primeiros minutos o Corinthians começou a ser superior e pressionar mais.

Ainda com problemas na criação o gol só saiu após os 30 min.

Sheik pegou o rebote de um chute forte de Guerrero e abriu o placar para o Timão.

O Grêmio veio retrancado, o que não era esperado pela qualidade (no papel) da equipe gaúcha, e isso nos dificultou, mas a equipe foi paciente e soube buscar o resultado, parcial no primeiro tempo, com defesa sólida e ataque oportuno.


Com o placar em mãos e um adversário que não se preocupava tanto em atacar o Corinthians tranquilizou no segundo tempo.

Muitos toques de lado e para trás, falta pressão de ataque e criação de jogadas efetivas trouxeram o adversário pra cima.

O Grêmio chegou a ensaiar um "sufoco" em cobranças repetidas de escanteio.

O Corinthians mudou a postura a passou a jogar por contra-ataques. Com Romarinho apagado, sem sucesso em jogar nos espaços que o Grêmio oferecia, Tite promoveu a entrada de Renato Augusto, pouco antes dos 20 min do segundo tempo (acredito ser recorde de tempo pra ele que sempre substitui depois dos 30), para tentar jogar nesses espaços e matar o jogo.

Não muito depois, foi a vez de Pato ir a campo, no lugar de Guerrero, que havia conseguido perder 2 gols, até ali.

Entraram bem. Renato caia pelos lados e levava perigo quando o Corinthians conseguia jogar bola. Pato demonstrou vontade e se movimentava bem.

Quando o Grêmio começou a se cansar de bater e voltar em nossa defesa, o Corinthians voltou a equilibrar o jogo e num lance de bola parada o Corinthians chegou ao segundo gol. Confesso que não vi direito o lance, no placar do Pacaembu, apareceu "Alexandre Pato", mas no rádio, voltando pra casa disseram que foi o Paulo André. O que importa é que foi Gol do Corinthians! O gol que matou o "imortal" e  tranquilizou nossa equipe de vez.

Ainda deu tempo pro Pato perder um gol para manter a média.

E o Corinthians cozinhou o jogo esperando o apito final, que nos deu de volta a soberania do Pacaembu, e uma leve subida na tabela.


A formação inicial ainda não me agrada. Mas com uma postura de jogar pra cima, de pressionar e buscar a vitória com vontade, ainda somos muito fortes.

O esquema com "3 atacantes" e só o Danilo armando, deixa o Guerrero inútil, não o favorece, já que a bola não chega, nele, ele precisa buscar.

Ainda não vejo motivos par ao Renato Augusto não ser titular, se visivelmente ele é nosso melhor meia e precisa de ritmo de jogo, e isso só se adquire jogando.

A vitória foi importante para dar confiança, e para tirar essa zica de perder pontos no Pacaembu, coisa que não é comum, além de subir na tabela, e nos permitir sonhar mais alto, desde que a postura da equipe, seja de mata-mata em todo o campeonato, pois não é que não existe finais. Todo jogo é uma final.

Precisamos dar sequência aos bons resultados.

Conceitos Individuais dos Guerreiros:
Cássio: Médio. Fez algumas boas defesas quando foi exigido. 
Edenilson: BomMuito bem na marcação e abrindo espaços na lateral. 
Gil: Bom. Firme e certeiro nos botes.
Paulo André: Bom. não cometeu falhas na defesa e ainda fez meio gol. Quer mais o que?
Igor: Bom. Gostei do garoto. Não se escondeu, marcou bem ali pela esquerda e buscou jogadas no ataque. Errou uns passes bobos, mas acho que dá pra dar um desconto, já que mal vem jogando. Por mim Fábio Santos não apareceria mais entre os 11.
Ralf: Ótimo. Monstro Incansável [de novo]. Talvez o melhor do jogo.
Guilherme: Médio. Na dele. Pra mim tá claro que não tem poder de chegada, e não é muito bom em fazer a transferência da bola da defesa para o ataque. Toca muito para trás, e de lado, sem carregar a bola. Como o Ralf desarmou muito. Dá mais liberdade pro Renato em campo.
Danilo: Ruim. Sumido. Não consegue armar o jogo sozinho, precisa de ajuda no meio.
Sheik: Bom. Fez o gol e era o jogador que mais insistia no ataque. Apanhou de mais.
Romarinho: Ruim. 95% do tempo sumido. Quando aparece, em uma ou duas jogadas, leva perigo, mas é muito pouco.
Guerrero: Ruim. O mais lesado pelo esquema. A bola quase não chega. Mas teve 2 oportunidades claras no segundo tempo e desperdiçou as duas.
Alexandre Pato: Médio. Não se escondeu, brigou, fez meio gol e perdeu outro. Pareceu que só faz gol dado. Precisa de mais tempo de jogo.
Renato Augusto: Médio. Não teve o brilho que tem normalmente, mas soube jogar quando teve a bola, e foi em jogada dele que tivemos o escanteio do 2º gol. Tem que ser titular.
Douglas: sem conceito. Entrou mas nem teve tempo de fazer nada, com o resultado já conquistado.
Tite: Médio. Deu uma leve chacoalhada na equipe durante a  semana e conseguiu mudar a postura do time de sua preferência. As substituições estão sendo feitas coma  intenção de promover uma disputa no elenco. Parece que pode dar certo, mas poderia fazê-las antes..

Campeonato Brasileiro 2013
10 jogos - 3 Vitórias 5 empates 2 derrotas
14 pontos - 40% aproveitamento
8º colocado.

Próxima partida do Coringão será no domingo, 4 de agosto, contra o Criciúma em SC. Tá na hora de mostrar que O Gigante Acordou e vamos buscar os pontos perdidos. Precisamos vencer Corinthians!

Aliás, pra informação de vocês, EU JÁ SABIA da vitória de hoje! 


VAAAAAAAAI CORINTHIANS!

Texto de Icaro Scuteri (@ICARO_SCUTERI)

0 comentários:

Postar um comentário