Pós-jogo Corinthians 2 X 0 Luverdense - A zebra não pastou no Pacaembu


O segundo jogo entre Corinthians e Luverdense pelas oitavas de final da Copa do Brasil de 2013 aconteceu nessa quarta-feira, 28 de agosto no Pacaembu. Por ter perdido o primeiro jogo por 1 X 0, o Corinthians precisava fazer ganhar de no mínimo 2 gols de diferença, fazer 1 X 0 para levar para os pênaltis, qualquer empate ou vitória corinthiana por 1 gol de diferença com gol do adversário (por exemplo: 2 X 1, 3 X 2, 10 X 9) daria a classificação ao time matogrossense.

O Corinthians foi a campo com: Cássio; Edenilson, Gil, Paulo André e Fábio Santos; Ralf, Ibson, Danilo e Douglas; Alexandre Pato e Paolo Guerrero.

Dois primeiros minutos Luverdense começou atacando, logo depois o Corinthians teve um ataque e a fiel já mostrou que iria apoiar até o fim. Aos 8 um chute de Paulo André bate na trave após o goleiro defender. O Corinthians continuou pressionando, mas em um contra ataque aos 10, o Luverdense faz uma boa finalização.

Aos 15, Pato cobra muito bem um falta em direção ao ângulo esquerdo do goleiro, porém para fora. O Corinthians se mostrava muito nervoso nos minutos seguintes, com erros de passe, escorregão do Guerrero, cruzamentos sem sucesso e um chute do Luverdense sem perigo. Aos 26 Guerrero perdeu um gol incrível e logo após um chutão do Ralf.

Aos 28, falta em Pato na meia lua e cartão amarelo para o jogador adversário. Aos 29, gol de falta do Pato, há tempos não via um gol de falta do Timão, 1 a 0. Aos 35 uma ótima defesa do gigante Cássio.

O Corinthians atacava mais e o jogo ficou parado aos 38 por um choque entre Douglas e um jogador adversário. Uma finalização do Luverdense logo após aos 40. Logo depois aos 42 uma finalização de primeira do Guerrero. Gol do Fábio Santos (a quanto tempo, hein!?) quando o relógio marcava 44, após ótima jogada de Pato, um passe de Douglas para Ibson que desviou de letra e Fábio Santos empurrando para o gol (no momento do gol achei que estivesse em impedimento, mas não estava).

Fim do primeiro tempo, domínio do Corinthians com algumas jogadas do Luverdense, exigindo do Cássio apenas uma grande defesa. O resultado que era preciso já estava feito.

Nos 10 primeiros minutos do segundo tempo o Corinthians marcou bem e o jogo ficou bastante sonolento, com poucas ações de ambas as partes. O jogo continuou muito sonolen... zzzzZZZZzzz, aos 23 a torcida comemora, 2 a 0 para o Atlético Paranaense em cima do time verde da Capital. E logo após uma bela cobrança de falta de Douglas. Ibson, depois de fazer uma bela partida sai para dar lugar a Alessandro quando já se passava 25.

O jogo continuou sonolento, com o Corinthians jogando um futebol bem abaixo do que o apresentado no primeiro tempo, enquanto isso o sistema de som do Pacaembu anuncia um público pagante de 28.576. Aos 33 a torcida vibra novamente, 3 a 0 para o Atlético Paranaense. Aos 35, Guerrero pisou sem querer no Washington, jogador do Luverdense e é substituído.

Aos 40, Pato é substituído por Léo. O jogo continua sonolento, o juiz dá 3 minutos de acréscimo. Mais um cochilo e fim de jogo.

Hoje não darei nota a todos os jogadores individualmente porque o jogo não foi tão bom ou tão ruim tecnicamente. Todos mantiveram um nível aceitável, jogando para fazer o resultado contra um time muito inferior tecnicamente, o fizeram no primeiro tempo e apenas seguraram o resultado num segundo tempo com ritmo de treino. Destaco o bom jogo de Douglas, Ibson e Edenilson, o sono do Pato e a falta de habilidade do Cássio para jogar com os pés.

O Corinthians consegue a classificação, pega nas quartas de final em outubro o Grêmio, que eliminou o Santos. Pelo Brasileirão joga contra o Flamengo no domingo pela 17ª rodada.

1 comentários:

  1. Parabéns! O seu blog está entre os melhores, ou até é o melhor!!!

    ResponderExcluir