Pós-jogo: Atlético Mineiro 0 X 0 Corinthians - Mais do mesmo


O Corinthians em Minas contra o Atlético nesse domingo com: Cássio, Edenilson, Gil, Paulo André, Alessandro, Ralf, Guilherme, Douglas (depois Danilo), Ibson, Romarinho e Guerrero (depois Rodriguinho).

Logo no começo do jogo, após derrubar o jogador do time mineiro, Alessandro leva cartão amarelo. O jogo começou com aquele costumeiro estudo de ambas as equipes, mas aos 8, grande chance do Corinthians com Romarinho no travessão. Apesar de grandes chances do Coirinthians, o equilíbrio marcou os 15 minutos inciais.

Aos 16, Guerrero marca, mas não valia mais nada, o impedimento tinha sido marcado. Aos 18, Diego Tardelli leva perigo ao gol de Cássio após cobrança de falta. O Atlético toma conta do jogo e aos 24 nova chance do time de Minas.

Cartão amarelo para o peruano Guerrero aos 32. O jogo continua muito disputado e aos 41 Romarinho após bela jogada, passando a bola por debaixo das pernas do lateral Emerson, o atacante alvinegro cai na área, mas o juiz não aponta pênalti. Aos 46 um susto, Diego Tardelli acerta a trave direita de Cássio.

Fim de primeiro tempo.

O segundo tempo começou chato, o Atlético buscou o gol aos 8 minutos com Luan. E aos 19, Ibson (?) chuta fraco, mas o goleiro atleticano defende em dois tempos. 

Aos 26, sai Douglas e entra Danilo. Logo em seguida, Edenilson afasta o perigo após jogada de Diego Tardelli e Fernandinho. Aos 29, nova jogada atleticana, Leonardo Silva cabeceia para o fundo das redes, mas em impedimento marcado pela arbitragem. O Atlético tomava conta do jogo. Após o lance, Cássio fica no chão e é atendido em campo.

Aos 33, o lance capital do jogo, Neto Berola acha Diego Tardelli livre, após falha de Gil ao fazer a linha impedimento, mas Cássio salva milagrosamente com o pé. O Atlético seguia dominando a partida mas sem muitas chances claras. Paulo André recebe cartão amarelo por reclamação, logo após a estreia de Rodriguinho no Timão, que entrou no lugar de Guerrero, o relógio já marcava os 39. Após os 40, o Corinthians tomou a iniciativa e conseguiu 3 escanteios, que foram batidos pelo estreante Rodriguinho. A partida termina do jeito que começou.

Foi um jogo ruim. Levando em consideração o fato de estar jogando fora, o empate foi bom, mas se levarmos em consideração a posição atual e o equilíbrio (por baixo) do campeonato, não foi um resultado tão bom. Mas poderia ter sido bem pior se nosso goleiro não tivesse trabalhado bem. Voltamos a campo no meio de semana contra o Atlético Paranaense, jogando em Mogi Mirim.

Conceitos Individuais:
Cássio: Ótimo. Outro ponto que nosso goleiro garantiu.
Edenílson: Ruim. Pouco produtivo.
Gil: Médio. Seu erro ao fazer a linha de impedimento quase custou o empate.
Paulo André: Médio. Foi bem, só que levou cartão por reclamação, poderia ter voltado para SP sem esse cartão.
Alessandro: Ruim. Joga de lateral direito, joga de lateral esquerdo e joga de teimoso.
Ralf: Ótimo. Mais uma bela partida.
Guilherme: Bom. Voltou bem do departamento médico, está me surpreendendo.
Douglas: Médio. Buscou jogo no primeiro tempo.
Danilo: Entrou no segundo tempo, foi bem, mas não é o mesmo Danilo decisivo que conhecemos.
Ibson: Ruim. Outro que joga de teimoso.
Romarinho: Médio. Mandou uma no travessão e simulou um pênalti à toa após bela jogada.
Guerrero: Médio. Assim como no jogo contra o Bahia, estava nervoso e buscando jogo.
Rodriguinho: Conseguiu o mais difícil: estreou. "Jogando em casa" (é ex atleta do América de Minas), cobrou vários escanteios nos minutos que jogou. Agora precisa mostrar o seu valor. Creio que se tornará uma ótima opção para o meio campo.
Tite: Ruim. Não buscou a vitória.

Campeonato Brasileiro 2013
9º colocado
26 jogos - 8 Vitórias, 11 Empates e 7 Derrotas
35 pontos - 44,9% de aproveitamento

0 comentários:

Postar um comentário