Pós-jogo: Corinthians 2 X 0 Bahia - NORMALIDADE

♠ Publicado por Natã em ,,,, às 00:03

Vindo de uma incômoda sequência de resultados ruins, o Corinthians entrou em campo nessa quarta diante do Bahia com: Cássio, Edenilson, Felipe, Cléber, Alessandro, Ralf, Gueilherme, Danilo, Pato, Sheik (depois Romarinho) e Guerrero. Como o Corinthians está com uma punição, não pôde jogar no Pacaembu e teve que ser mandante em Mogi Mirim.

O Corinthians entrou nitidamente nervoso, logo nos primeiros minutos teve uma falta a seu favor que não deu em nada. Aos 8, Sheik faz falta, briga com o jogador do Bahia e leva cartão amarelo. Aos 14, a defesa corinthiana faz uma falta que deixou Fernandão no chão e depois fora do gramado por alguns minutos.

Aos 20, gol do Guerrero (FINALMENTE!) em jogada de escanteio, o peruano esbravejou muito, até porque já estava começando a ser contestado pela torcida por causa do pênalti perdido no Mato Grosso do Sul. Dois minutos depois, Edenilson se estranhou com Wiliam Barbio e ambos levaram cartão amarelo. Mesmo com o gol, o Corinthians continuava nervoso, e jogando de forma estranha. A escalação de Alessandro na esquerda não caiu bem, e a zaga reserva se matinha tranquila, sem muitos perigos, mas nitidamente dá para perceber que não tem a mesma qualidade que a zaga titular.

O jogo seguia morno, até que aos 41 em outra jogada de escanteio, o segundo gol do Corinthians, Cléber fez. Fim do primeiro tempo.

O Corinthians voltou para o segundo tempo jogando pelo placar feito no primeiro tempo. Sem muitos lances de destaques nos 15 primeiros minutos. Aos 17, uma entrada imprudente do Alessandro, que nem falta foi marcada.

Aos 19, ótima trama entre Guerrero e Sheik, mas o beijoqueiro das arábias camisa 11 finalizou muito mal, sem direção. Aos 24, sai Sheik e entra Romarinho. Aos 28, um susto, Guilherme levou um chute na mão e ficou com dores, mas continuou em campo.

Aos 34, contra ataque de Romarinho, e uma finalização horrorosa de Pato. Danilo faz uma falta grave no jogador do Bahia e leva amarelo quando o cronômetro apontava os 38. Logo em seguida, sai Guerrero e entra Jocinei. O jogo seguiu morno, com o Corinthians segurando o resultado até o fim do jogo.

Vendo a tabela, nunca tive medo do rebaixamento, não pelo futebol jogado (que está/estava medonho), mas sim pelos adversários, o jogo dessa quarta só ratificou isso para mim. O Corinthians volta a campo no fim de semana contra o Atlético Mineiro em Belo Horizonte.

Conceitos Individuais:
Cássio: Nulo. Não foi muito exigido.
Edenílson: Médio. Normal...
Felipe: Bom. Fez boa partida.
Cléber: Ótimo. Fez uma excelente partida, e foi coroado com um gol.
Alessandro: Ruim. Perdido pelo lado esquerdo do campo, mas não comprometeu.
Ralf: Médio. Fez o arroz com feijão.
Guilherme: Bom. Achei que ele voltaria não tão bem, mas particularmente me surpreendeu, não comprometeu e buscou jogo.
Danilo: Ruim. Estava jogando o de sempre, mas levou um amarelo desnecessário.
Pato: Ruim. Não fez praticamente nada, finalizou poucas vezes e mal, e cobrou umas faltas sem perigo.
Sheik: Médio. Tem muita raça e busca jogo.
Romarinho: Buscou jogo, mas não fez lá muita coisa, jogou apenas meio segundo tempo.
Guerrero: Bom. Fez o primeiro gol, mas não se destacou tanto no jogo.
Jocinei: Entrou para segurar o resultado.
Tite: Médio. Fez o necessário para ganhar do Bahia, que é um time muito frágil.

Campeonato Brasileiro 2013
9º colocado (até o final da rodada podemos ser ultrapassados apenas pelo Inter)
25 jogos - 8 Vitórias, 10 Empates e 7 Derrotas
34 pontos - 45,3% de aproveitamento

0 comentários:

Postar um comentário