O Corinthians versão "só tenho R$ 10 milhões em caixa" dará certo?

♠ Publicado por Daniel Keppler em ,,,,, às 03:10
IMPORTANTE: Esse post representa minha opinião pessoal sobre como andam as coisas no Corinthians. Quem lê o blog sabe que meus textos opinativos são bem diferentes dos informativos, então, caso venha a discordar, conto com a educação de todos na resposta! 
Debater sempre, discutir jamais!

É, Fiel... a vida não tá fácil pra ninguém!

Estava pela Internet essa semana, pra passar o tempo, e me deparei com essa notícia:

Link original aqui
E enquanto lia a matéria, me lembrei desse fato aqui:

Link original aqui
Quem diria que, há pouco mais de 10 anos, venderíamos por essa quantia (R$ 6 milhões) um dos jogadores de maior destaque do elenco, à época. Mais que isso, quem diria que, na ocasião, essa venda era nada menos que a maior da história do futebol brasileiro.

Hoje em dia, por valores como esse, as negociações envolvem jogadores com bem menos "grife", digamos. Como a contratação de Rodriguinho. Ninguém garante seu sucesso, mas o Corinthians desembolsou R$ 4 milhões por 50% dos seus direitos federativos.

Veja bem, antes de me interpretar mal. Não estou dizendo que a contratação desse jogador foi boa ou ruim, e nem que o Rodriguinho joga bem ou mal. Estou apenas comparando valores, e constatando com vocês que, hoje em dia, um jogador-revelação custa mais ou menos o mesmo que um atleta de seleção brasileira, pentacampeão mundial, há 11 anos.

Uma pessoa mostrou, há dois dias, que vê essa situação de forma diferente: nosso amado presidente Mario Gobbi, ou Mario Dorme (como os mais ácidos o apelidaram). Só isso explica a crença que ele tem de que, reservando ridículos R$ 10 milhões para contratações, conseguirá reformular nosso velho e preguiçoso elenco para conseguirmos um 2014 digno, competitivo.

Sério, Gobbi? Nosso caixa pra contratações tem R$ 10 milhões? O que você espera contratar com esses valores, que posição pretende reforçar?

Mais do que isso: que condições de trabalho Mano Menezes terá para conduzir as tão necessárias mudanças no elenco?

Nem preciso dizer o tamanho da decepção sofrida ao ter que ler declarações como "os reforços para a temporada serão medianos", ou "a nossa ausência da Libertadores nos impede de investir mais em reforços". Isso vindo do mesmo clube que recebe a maior verba de TV, que tem os mais gordos contratos de patrocínio e que por ora está conseguindo planejar o pagamento da Arena a contento, sem prejuízo ao caixa do futebol. Qual o problema, então?

Por acaso não foi esse mesmo Corinthians que reuniu clubes, cartolas e até mesmo Romário e Maradona para discutir as falhas da Libertadores, em outubro, denunciando que hoje em dias as premiações são baixas, que alguns times pagam pra disputar o torneio continental? As premiações do Paulista pagam mais do que as da Libertadores, e isso é um fato!

E mesmo que o time não tivesse no melhor dos céus... um clube com receitas previstas em quase R$ 250 milhões não tem uma rede de parceiros forte o bastante pra bancar reforços de qualidade inequívoca, como é nossa necessidade?

"O orçamento de contratações pra 2014 é desse tamanho aqui, ó..."
Vejo os "vai-vem do mercado" e não sei se xingo ou choro. Quase nenhum jogador especulado no time entra nessa conta dos R$ 10 milhões, quando mais se pensarmos em contratar mais de um.

Valter? O Porto quer R$ 20 milhões.

Marcelo? O Atlético-PR exige R$ 37 milhões!!!

Luís Ricardo? Foi pro São Paulo...

Elias? Comenta-se que pediu alto demais nos salários. O Corinthians "se assustou" (¬¬).

Rafinha? Vocês acham que o Bayern München não vai pedir os olhos da cara por ele?

Então temos os que teriam se interessado em vir, ou foram oferecidos. Aranda, do Olimpia, está buscando rescindir seu contrato e poderia vir de graça. Mas o que se diz é que o Mano não banca sua contratação.

Já com o Rômulo, o problema seria (adivinhem!) financeiro... caro demais. Para o padrão "R$ 10 milhões" de Mario Gobbi e companhia, claro.

O que tem pra hoje, por enquanto, parece ser as negociações avançadas com Jucilei e o aparente grande interesse de Uendel em trocar a Ponte Preta pelo nosso time.

Mas, era isso que esperávamos quando ouvimos os discursos inflamados dos nossos cartolas, prometendo uma grande reformulação do time para 2014? Ou será que a reformulação parou no Tite?

Não quero chegar à conclusão, daqui a 3 ou 4 semanas, de que para a diretoria o nosso Corinthians só precisava de um técnico novo. Muitos jogadores já deram mostras de estar com saco cheio do PSJ, e só não saem porque o clube é muito profissional... oferece estrutura de 1º mundo, paga salários em dia, e conta com uma torcida mansa, mansa, que por causa das burradas que cometeu em 2013 perdeu toda a moral pra cobrar alguma coisa do time. Existe vida melhor?

Jogar no Corinthians foi o emprego mais fácil de 2013... pressão e produtividade ZERO!
Nos últimos anos, o Corinthians tem se destacado por acertar a mão em negócios que, inicialmente, pareciam bem duvidosos. O Cássio, por exemplo, que com 24 anos sequer tinha 20 jogos disputados na carreira. O Paulinho é outro excelente exemplo, chegou desconhecido pra se tornar uma das mais caras vendas do nosso futebol.

Mas isso não significa que uma reformulação completa do elenco, como a que parece ser necessária, possa ser feita somente por jogadores medianos, anônimos, promessas. Jogadores que se pode comprar com R$ 10 milhões. Não dá!

Está faltando ambição e equilíbrio para a direção do nosso time. Como vi em uma discussão no Meu Timão, o Corinthians está pensando pequeno! Não vejo como o time não possa fazer um esforço a mais pra reforçar o time da forma adequada...

Todos estamos esperando que Mano repita o sucesso de 2008 nesse retorno. Mas ele só foi tão bem naquele ano porque conseguir montar o elenco de acordo com suas crenças e convicções. Conseguirá ele fazer isso de novo, mas com R$ 10 milhões nas mãos? Sei não hein!

Vou me preparar pra voltar a sofrer! Ainda mais se resolverem vender alguém pra fazer caixa, como se fazia no passado. Seria mais um retrocesso do clube, dentre tantos nos últimos meses.

Sofrendo ou não, estamos aqui, torcendo por ti... VAI CORINTHIANS!

0 comentários:

Postar um comentário