Libertadores promete muita tradição em 2016

♠ Publicado por Daniel Keppler em ,,,,,, às 15:57
Troféu da Copa Libertadores
Libertadores 2016 já tem 35 times classificados; entre eles, 14 campeões do torneio, um recorde
Fala Fiel!

O Corinthians garantiu vaga na Libertadores muito cedo, ainda em outubro. Foi o 5º time a se garantir na competição, que terá o sorteio dos confrontos da 1ª Fase e também dos oito grupos nessa terça-feira (22).

No entanto, analisando as 38 equipes já classificadas, é possível concluir uma coisa: a Libertadores 2016 promete, e muito! Afinal, nada menos do que 16 times disputaram pelo menos uma final da competição, sendo que 15 deles já foram campeões (que somam 33 títulos, ou 59% do total) e 12 deles já foram vice-campeões (somando 31 vice-campeonatos, ou 55% do total). Vale informar que a Libertadores nunca teve tantos campeões reunidos em uma única edição!

Além disso, a Libertadores 2016 será um exemplo de estabilidade. Nada menos que 31 dos 35 classificados (89%) disputaram a competição pelo menos uma vez nos últimos três anos, sendo que desses, 20 jogaram o torneio continental esse ano (2015).

Por fim, já está definido que serão apenas dois estreantes na Libertadores no ano que vem: o mexicano Puebla e o uruguaio River Plate. Todos os outros 36 times classificados já disputaram a competição pelo menos uma vez.

Confira abaixo um breve raio-X sobre as equipes da Libertadores 2016. Explicando: ao lado do nome do time, está o motivo da classificação, o número de participações e de títulos (entre parênteses, o ano da última participação e do último título):
Classificados pra Libertadores da Argentina
River Plate: campeão da Libertadores 2015; 31 participações (2015), 3 títulos (2015)
Boca Juniors: campeão do Argentino; 25 participações (2015), 6 títulos (2007)
San Lorenzo: vice-campeão do Argentino; 13 participações (2015), 1 título (2014)
Rosario Central: campeão da Copa Argentina; 10 participações (2006), nenhum título
Racing: campeão da Liguilla Pré-Libertadores; 7 participações (2015), 1 título (1967)
Huracán: melhor argentino na Sulamericana 2015; 2 participações (2015), nenhum título

Classificados pra Libertadores da Bolívia
Bolivar: campeão do Apertura e Clausura; 30 participações (2014), nenhum título
The Strongest: melhor na tabela agregada; 21 participações (2015), nenhum título
Oriente Petrolero: 2º melhor na tabela agregada; 19 participações (2014), nenhum título

Classificados pra Libertadores do Brasil
Corinthians: campeão brasileiro; 13 participações (2015), 1 título (2012)
Palmeiras: campeão da Copa do Brasil; 16 participações (2013), 1 título (1999)
Atlético-MG: vice-campeão brasileiro; 8 participações (2015), 1 título (2013)
Grêmio: 3º lugar no Brasileiro; 16 participações (2014), 2 títulos (1995)
São Paulo: 4º lugar no Brasileiro; 17 participações (2015), 3 títulos (2005)

Classificados pra Libertadores do Chile
Cobresal: campeão do Clausura; 1 participação (1986), nenhum título
Colo-Colo: campeão do Apertura; 30 participações (2015), 1 título (1991)
Universidad de Chile: campeão da Copa Chile; 19 participações (2015), nenhum título

Classificados pra Libertadores da Colômbia
Deportivo Cali: campeão do Apertura; 19 participações (2014), nenhum título
Atlético Nacional: campeão do Finalización; 17 participações (2015), 1 título (1989)
Santa Fé: campeão da Copa Sulamericana 2015; 9 participações (2015), nenhum título

Classificados pra Libertadores do Equador
Emelec: campeão equatoriano; 23 participações (2015), nenhum título
LDU Quito: vice-campeão equatoriano; 16 participações (2013), 1 título (2008)
Independiente Del Valle: melhor na tabela agregada; 2 participações (2015), nenhum título


Classificados pra Libertadores do México
Pumas UNAM: melhor time não classificado para a Concachampions; 2 participações (2006), nenhum título
Toluca: 2º melhor time não classificado para a Concachampions; 2 participações (2013), nenhum título
Puebla: campeão da Supercopa MX; nenhuma participação

Classificados pra Libertadores do Paraguai
Cerro Porteño: campeão do Apertura; 37 participações (2015), nenhum título
Olimpia: campeão do Clausura; 36 participações (2013), 3 títulos (2002)
Guarani: melhor na tabela agregada; 14 participações (2015), nenhum título

Classificados pra Libertadores do Peru
Melgar: campeão peruano; 2 participações (1984), nenhum título
Sporting Cristal: vice-campeão peruano; 31 participações (2015), nenhum título
Universidad César Vallejo: 3º colocado no Peruano; 1 participação (2013), nenhum título


Classificados pra Libertadores do Uruguai
Nacional: campeão uruguaio; 41 participações (2015), 3 títulos (1988)
Peñarol: vice-campeão uruguaio; 41 participações (2014), 5 títulos (1987)
River Plate: melhor na tabela agregada; nenhuma participação

Classificados pra Libertadores da Venezuela
Deportivo Táchira: campeão venezuelano; 18 participações (2015), nenhum título
Trujillanos: vice-campeão venezuelano; 3 participações (2002), nenhum título
Caracas: melhor na tabela agregada; 15 participações (2014), nenhum título

O que mais falta definir?

Um dos pontos fundamentais sobre a Libertadores 2016 está em aberto: a nova formatação da escolha dos cabeças-de-chave. Até a edição desse ano, a CONMEBOL privilegiava os principais campeões nacionais nesse processo, Para o ano que vem, a escolha será feita a partir de um "ranking sulamericano de clubes", ainda não divulgado e sobre o qual poucos sabem. O que se especula é que será um ranking histórico, que beneficiará mais os clubes campeões e com melhor histórico recente na competição.

Como os critérios não foram divulgados, ainda é impossível saber quais clubes levarão mais vantagem. Exemplo: o Boca Juniors é hexacampeão do torneio, porém somente um desses títulos ocorreu nos últimos 10 anos (na edição 2007). Em tese, o time mais eficiente na Libertadores, nos últimos anos, é o Interancional, único a vencer dois troféus (2006 e 2010) - e justamente o Inter sequer se classificou para a disputa do ano que vem. Ou seja: por enquanto, o ranking desperta mais dúvidas que certezas. A única certeza é que ele dificilmente evitará a formação de "grupos da morte" - o que, convenhamos, é uma ótima notícia (rs).

A única coisa que já sabemos com certeza, portanto, é quais são as 12 equipes classificadas para a Primeira Fase da Libertadores, que classifica seis times para a Fase de Grupos. São elas:
Times da Primeira Fase da Libertadores 2016
Tanto a divulgação do ranking de clubes, quanto o sorteio dos grupos e dos confrontos da 1ª Fase ocorrerão no próximo dia 22, na sede da CONMEBOL, em Luque (PAR). Vamos acompanhar atentamente e analisar tudo o que acontecer, então podem esperar mais posts sobre o assunto!

E vocês, o que esperam do Corinthians na Libertadores 2016? Comentem!
Assinatura de Daniel Keppler

4 comentários:

  1. Em 2016 não haverá pré-Libertadores, isto é, o São Paulo, 4
    .º colocado do brasileiro vai direto pra fase de grupos?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vai ter sim, Altamir. A Pré-Libertadores, oficialmente, é chamada de Primeira Fase. O São Paulo vai disputar essa fase antes de ir para os grupos, caso se classifique. Obrigado pelo comentário!

      Excluir
  2. Vai ser interessante vai!!

    ResponderExcluir
  3. Acho que se o Corinthians manter a Base Campeã do Campeonato Brasileiro, vai ser dificil alguem bater o Corinthians, pois é um time muito seguro e regular. Cássio, Gil, Ralf, Elias, Renato Augusto e Jadson, Com essa base dificilmente o Corinthians não chega a final, pode anotar.

    ResponderExcluir