Pós-jogo: Corinthians 2 x 0 São Paulo Mais do mesmo, mais uma vez

Pós-jogo: Corinthians 2 x 0 São Paulo Mais do mesmo, mais uma vez

Mais do mesmo, mais uma vez. Corinthians vence São Paulo no primeiro clássico de 2016 e mantém freguesia tricolor em Itaquera. Agora é a Libertadores.

Quatro Majestosos em Itaquera com 100% de aproveitamento, 13 gols feitos e 3 sofridos, saldo 10. O Corinthians tem uma invencibilidade incontestável quando é mandante contra o São Paulo e, ontem, mais uma vez, mostrou quem manda no confronto direto.

O jogo em si foi muito pegado, mostrando que o São Paulo não iria ser goleado como naquela memorável atuação corintiana no Campeonato Brasileiro do ano passado, inclusive, houveram alguns lances mais violentos que o comum, por parte do Corinthians já que o time são paulino possui este estilo de jogo, mais pegado.
 

O primeiro gol alvinegro surgiu de uma falha grotesca (no mínimo) do zagueiro Lucão que deu um passe espetacular para Luca que acabou abrindo o placar. Depois isso, o time deu uma recuada, esperando que o São Paulo se abrisse para contra atacar o tricolor. O rival até tentou, com dois lances de perigo, mas nada que deixasse Alvinegro ou a Fiel assustada.

Na segunda etapa o São Paulo continuou ameaçando com mais força que na primeira parte do jogo, forçando o goleiro Cássio (o melhor do jogo, a meu ver) a realizar brilhantes defesas. E, pra variar, aquela velha frase "Quem não faz, toma" virou realidade. No final da partida, bola alçada na área e Yago (zagueiro que anda se desenvolvendo, cada vez mais, mesmo com uma falha no primeiro tempo que culminou a grande defesa de Cássio em chute de Calleri) fez seu primeiro gol com a camisa do Corinthians, selando a vitória na partida.

Quanto aos estreantes, André e Giovanni Augusto, o primeiro se destacou pela disposição e por ter participado da jogada do primeiro gol mosqueteiro e o segundo por ter arriscado alguns dribles e jogadas mais ofensivas. Além disso, acredito que Yago e Guilherme Arana tiveram uma oportunidade para testar seus nervos com os argentinos Calleri e Centúrion, sendo um grande exercício para a Copa Libertadores que está para começar.

Após a vitória no clássico, o Corinthians deixa de lado o estadual para tentar iniciar com o pé direito sua jornada em mais uma Libertadores da América, contra o Cobresal nesta quarta-feira.

E viva a Democracia e a Liberdade

Durante a partida, mais uma vez, a Gaviões da Fiel estendeu faixas para protestar contra problemas que envolvem o futebol e política. Uma das faixas, inclusive, criticou a postura da Rede Globo que, preferiu evitar, ao máximo, a transmissão das faixas. Porém, deixo aqui minha satisfação e alegria pois a liberdade de expressão dos torcedores foi respeitada.

fiel-protesta-democraticamente-no-classico

0 comentários:

Postar um comentário