Corinthians, mais coragem e menos média, por favor

♠ Publicado por Daniel Keppler em ,,,,,, às 16:59


Não ando com muito tempo pra escrever, ultimamente, mas de vez em quando surge algum tema que me força a interromper meus afazeres e vir aqui. Adoraria que a motivação tivesse sido positiva, como a bela vitória do último fim de semana - mas aí seria fácil, né não?

Infelizmente, e para minha decepção enquanto corinthiano, o post de hoje serve para expressar minha frustração e revolta pela nota oficial totalmente covarde e chapa-branca publicada pelo Corinthians, em resposta às cenas de violência gratuita protagonizada pela Polícia Militar no último sábado, contra aqueles que os mesmos deviam defender: os torcedores. Não bastasse a demora de dois dias para se posicionar, o texto é frio, distante e digno de quem está mais preocupado em lavar as mãos do que qualquer outra coisa - e como isso é triste de perceber.

Nós corinthianos, sabemos o quanto nossa torcida é politizada, e também sabemos o quão rica é nossa origem. Somos um clube criado pelo povo, e que trouxe ao futebol a democratização que fez desse esporte o que ele é hoje. Ao longo das décadas, o Corinthians foi um verdadeiro bálsamo para o sofrimento dessa torcida, que sempre viu no seu time uma forma de esquecer os problemas e ser feliz, nem que fosse por 90 minutos. Somos o clube que resistiu à ditadura e defendeu abertamente a luta pela redemocratização política do Brasil.

E justamente por sabermos de tudo isso, é que me pergunto: onde está esse Corinthians agora? Quando foi exatamente que esse Corinthians morreu e foi trocado por um clube que, ao ver seu torcedor apanhar de policiais por exercer seu direito de protestar, prefere fechar os olhos?

Desde que parte da torcida - principalmente a Gaviões da Fiel - iniciou os protestos contra CBF, Globo e Governo de SP (na figura de Fernando Capez, o ladrão de merenda), as reações têm sido as mais diversas. Muitos apóiam a iniciativa, por entenderem a importância do momento e saberem que se posicionar é preciso. Outros veem hipocrisia na atitude, por acharem que corinthiano não pode protestar contra a Globo pois o clube recebe dinheiro da Globo. A ideia não poderia ser mais errada, mas isso é tema para outro texto. O ponto aqui é o direito de se expressar - e de não sofrer represálias por isso!

A nota oficial, publicada há cerca de duas horas, parece ter sido escrita junto com o comando da PM. Chama de "tumulto" o abuso cometido pelos policiais contra homens, mulheres e crianças inocentes, diz que o clube pediu uma reunião com a PM para "esclarecimentos" e não dedica uma linha sequer em defesa de sua torcida. Texto frio, omisso e covarde, que não só não conforta o torcedor, mas deixa claro de que lado o clube parece estar.

No entanto, se formos pensar bem, que a atual diretoria do Corinthians não tem lá o hábito de defender com veemência sequer o próprio clube, quanto mais o seu torcedor, disso não tenho dúvidas há tempos. Se assim fosse, o nome da instituição não seria tão achincalhado como é na mídia, sem nenhuma reação minimamente decente. Se assim fosse, o clube não seria tão facilmente vitimizado por empresários de ocasião que só pensam em enriquecer, sem dar nada em troca. Se assim fosse, o torcedor não continuaria sendo segregado por status social e excluído da rotina do seu time de coração, graças a uma política de distribuição de ingressos na Arena totalmente desigual (ainda que já tenha sido pior).

O que não sabia, mas agora já sei, é que o grau de abandono chegou a um nível tal que nem mesmo dentro de nossa própria casa, existe segurança para se expressar. O recado está sendo dado: ou os protestos páram por bem, ou a polícia faz parar - tendo o Corinthians como espectador de luxo.

Corinthians, por favor, mais respeito à sua história. Tá ficando impossível te defender.


6 comentários:

  1. Grande texto! Eu estive lá e o meu sentimento é exatamente esse, está difícil saber quem é mais covarde nessa história, se é a PM ou o Corinthians. Que Deus nos ajude no sábado, vai ser difícil imaginar o que nos espera.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado André, são tempos difíceis, e justo agora que a torcida precisava do apoio do clube, o vê agindo dessa forma. Só me entristece, de verdade.

      Excluir
    2. Elias está sentido falta d uma torcida d verdade a do MENGAO

      Excluir
    3. Daniel,meu chapa me disponho quando vc quiser,um dia te levar ao maraca pra vc ver d perto o q é uma torcida d verdade,nao só a maior,mais a melhor do mundo saudações rubro negras

      Excluir
    4. Elias está sentido falta d uma torcida d verdade a do MENGAO

      Excluir
  2. Daniel, você não tem achado que o clube esta se distanciando demais da torcida que o fez ser o que é hoje? Estamos pedindo a abertura das contas da Arena Corinthians, e até agora nada!!! O Corinthians havia encerrado o patrocínio master com a Caixa, pq com certeza ja tinha outro na agulha, junto com o nameraids (é assim que escreve?) e aparecendo na mídia o envolvimento da construtora da Arena e do Vice presidente André Negão, miou o novo patrocínio e por isso voltaram atrás e aceitaram o que a Caixa havia oferecido. Ta tudo muito ruim, amo o Corinthians, com todas as minhas forças, mas se ha falcatruas, que sejam punidos os responsáveis.

    ResponderExcluir