Pós-jogo: São Paulo 0x2 Corinthians - Rumo a (mais uma) final de Paulista

♠ Publicado por Daniel Keppler em ,,,,,, às 13:03
Rodriguinho foi um dos destaques da vitória corinthiana (Foto: Reprodução / Funil do Timão)
Com uma atuação taticamente impecável, o Corinthians derrotou o São Paulo no Morumbi por 2x0 e abriu enorme vantagem rumo à decisão do Campeonato Paulista. Pois é, quem diria: a "quarta força" está a um passo de disputar seu 28º título estadual!

Cada vez mais, o time de Fabio Carille mostra que entende as orientações de seu treinador, compensando suas limitações técnicas com muita disciplina tática. Mesmo jogando em casa, o São Paulo pouco ameaçou - foram talvez duas chances mais agudas de gol, ambas desperdiçadas. Agora, até mesmo uma derrota por um gol , no jogo de volta na Arena, é suficiente para garantir a vaga na final.

Desde o começo da partida, ficou clara a estratégia corinthiana de jogar nos erros do adversário. Logo aos quatro minutos, Fagner quase marcou ao aparecer de surpresa na área, recebendo passe em profundidade de Jadson. Dez minutos depois, foi a vez de Jadson arriscar um belo chute de fora da área, aproveitando rebote da zaga - mas Renan Ribeiro fez grande defesa e impediu o gol alvinegro.

A impressão era de que o gol não demorou a sair. E de fato, saiu: aos 20 minutos, Rodriguinho (que jogou mesmo estando gripado) tocou para Jô na entrada da área, que finalizou sem chances para o goleiro: Corinthians 1x0.

O São Paulo tentava criar algo, mas a postura defensiva do Corinthians, quase que perfeita, impedia qualquer jogada mais perigosa. A estratégia de Carille, de deixar a bola com os donos da casa e esperar as chances de contra-ataque, se mostrou acertada. Quando todos já aguardavam o fim do primeiro tempo, aos 47 minutos, Guilherme Arana tocou para Rodriguinho, que dominou, esperou a hora certa e finalizou de fora da área, no canto direito do goleiro: era o segundo gol do Corinthians.
Jô comemora mais um gol marcado em clássicos (Foto: Reprodução / No Mundo da Bola)
Logo no início do segundo tempo. Jadson saiu da partida após torcer o joelho, e Clayton entrou em seu lugar. Pra piorar, o São Paulo voltou com uma postura mais agressiva. Foi quando o Corinthians foi mais ameaçado na partida: Cássio fez duas boas defesas em bons chutes de Maicon e Gilberto. A torcida, porém, já não apoiava como no primeiro tempo, talvez por conta do placar adverso.

Aos 27 minutos, enfim o Corinthians criou uma chance, e de novo com a dupla Jô - Rodriguinho. Dessa vez o atacante viu o meia livre, que avançou e arriscou forte chute - mas a bola foi para fora.

O jogo prosseguiu da mesma forma, com o time da casa dominando a posse de bola, porém sem eficiência, e o Corinthians se defendendo com muita eficiência. Com isso, o resultado de manteve até o final: 2x0 para o Timão, para revolta da torcida adversária, que protestou contra a exibição da sua equipe.

Agora, o Corinthians se prepara para mais uma semana decisiva, com dois jogos em casa: na próxima quarta, recebe o Internacional pela 4ª Fase da Copa do Brasil, e no domingo, recebe o São Paulo na semifinal decisiva do Paulistão.

Melhores momentos da partida

FICHA TÉCNICA: SÃO PAULO 0X2 CORINTHIANS
Local: Estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)
Data: 16 de abril de 2016, domingo
Horário: 19 horas (de Brasília)
Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira
Assistentes: Danilo Ricardo Simon Manis e Miguel Caetano Ribeiro da Costa
Cartões amarelos: Luiz Araújo (São Paulo); Romero (Corinthians); Pablo (Corinthians); Jucilei (São Paulo); Maycon (Corinthians)
Gol: Jô (Corinthians); Rodriguinho (Corinthians)
Público pagante: 45.366 torcedores
Renda bruta: R$ 1.448.769,00 (Líquida R$1.019.402,28)

SÃO PAULO: Renan Ribeiro; Araruna (Thomaz), Maicon, Rodrigo Caio e Junior Tavares; Jucilei, Thiago Mendes e Cueva; Wellington Nem (Cícero), Lucas Pratto e Luiz Araújo (Gilberto). Técnico: Rogério Ceni
CORINTHIANS: Cássio, Fagner, Balbuena, Pablo e Arana; Gabriel e Maycon; Jadson (Clayton), Rodriguinho (Camacho) e Ángel Romero (Léo Jabá); Jô. Técnico: Fábio Carille

0 comentários:

Postar um comentário