5 fatos especiais sobre a temporada 2017 do Corinthians

♠ Publicado por Daniel Keppler em ,,,,,, às 18:15
A união entre Carille e elenco vem se mostrando fundamental ao Corinthians (Foto: Agência Corinthians)
Nesse domingo, teremos um jogo que tem tudo para ser parte de uma enorme festa para o Corinthians e os corinthianos: a decisão do Campeonato Paulista, contra a Ponte Preta. Depois de vencer o jogo de ida por 3x0, em Campinas, a expectativa natural é de que o 28º título estadual seja confirmado na Arena. Quem diria, não?

Esse título, sendo confirmado, será a coroação de um brilhante trabalho em equipe, gerido por Fabio Carille, que, se ainda está no início, já dá sinais de que pode render grandes frutos. No momento de maior dificuldade do Corinthians, em crise financeira e instabilidade institucional, a equipe se fechou e vem se destacando pela entrega e disciplina tática. O futebol não é vistoso, mas é eficiente.

Para mostrar isso de outra forma, fizemos uma lista com cinco fatos desse início de temporada corinthiana, que provam o quanto esse time é especial e merece nosso apoio!

1 - A atual invencibilidade do Corinthians é a maior desde agosto de 2015

A última derrota do Corinthians nessa temporada aconteceu em 19 de março (1x0 para a Ferroviária). Desde então, passaram-se 48 dias, nos quais o Timão jogou 11 vezes, conquistando cinco vitórias e seis empates. Essa é a maior sequência sem derrotas desde que o Corinthians de Tite ficou invicto entre 21 de junho e 16 de agosto de 2015, durante a campanha do hexacampeonato brasileiro - sendo que, na ocasião, a equipe obteve oito vitórias e três empates. O responsável por quebrar a marca, na época, foi o Santos, que venceu partida pela Copa do Brasil por 2x0 no dia 19 de agosto.

Vale lembrar, porém, que a nossa maior sequência invicta recente continuará sendo de 25 jogos, obtida entre 6 de dezembro de 2014 (2x1 Criciúma pelo Brasileirão) e 19 de abril de 2015 (2x2 Palmeiras pelo Paulista), quando o Corinthians assombrou o país com o 4-1-4-1 trazido por Tite de seu aprendizado na Europa.
A maior série invicta recente do Corinthians é de 2015: 25 jogos, com Tite no comando (Foto: Reprodução)
2 - Nos últimos anos, apenas Tite conseguiu campanhas melhores do que a atual

O Corinthians tem 15 vitórias e apenas duas derrotas nessa temporada, em 27 jogos disputados. Um aproveitamento de 67,9% dos pontos. Nos últimos oito anos, apenas três vezes o Timão teve aproveitamento melhor no mesmo período de 27 partidas, e nas três ocasiões o técnico era Tite.

Em 2012, foram 18 vitórias e duas derrotas, com 75,3% de aproveitamento; em 2015 o ápice: 19 vitórias, apenas uma derrota e 79% de aproveitamento; e em 2016, 17 vitórias, quatro derrotas e 70,4% de aproveitamento. Confira mais detalhes abaixo:
3 - A defesa de Carille é a menos vazada do Corinthians nos últimos 10 anos

Nesses 27 primeiros jogos da temporada, o Corinthians sofreu apenas 14 gols - uma média de apenas 0,52 gol / jogo. Nenhum outro treinador conseguiu números melhores com a mesma quantidade de jogos disputados, desde 2008.

Novamente, quem se destaca na comparação é Tite. Suas defesas em 2012, 2015 e 2016 são as que mais se aproximam dessa marca, mas todas são inferiores. Os dados completos estão no gráfico abaixo:
4 - Desde 2013 o Corinthians não ia tão bem nos clássicos

A equipe comandada por Tite em 2013 conseguiu algo muito difícil na história do Corinthians: ficar uma temporada inteira sem perder clássicos. Foram ao todo 12 partidas, com quatro vitórias e oito empates. Fazia, na época, 23 anos que isso não ocorria - a última vez havia sido em 1990, quando o Timão disputou 11 clássicos, vencendo sete e empatando os outros quatro.

Atualmente, a equipe de Carille já enfrentou seus rivais paulistas em seis ocasiões (contando o Majestoso pela Florida Cup). E ainda não perdeu: foram três vitórias e três empates, sofrendo apenas dois gols nessas partidas. Ainda falta muito para garantir a invencibilidade na temporada, mas já é um grande início.
A sequência invicta em clássicos de 2013 rendeu, por exemplo, o título da Recopa (Foto: Gazeta Press)
5 - Ninguém aproveitou tanto a base do Corinthians quanto Carille

Dos 38 jogadores que atualmente compõem o elenco corinthiano, nada menos que 17 subiram da base no início de suas carreiras. Durante a temporada, houve partidas em que Carille chegou a escalar sete deles no time titular, como contra o Red Bull em março. Isso não tem precedente na nossa história recente.

O melhor disso é que alguns vêm realmente sendo aproveitados com frequência, como Guilherme Arana e Maycon - que são titulares atualmente. Outros vêm recebendo várias oportunidades, como Léo Príncipe, Pedro Henrique, Marciel, Pedrinho e Léo Jabá. Isso sem falar de Fagner e Jô, que já são experientes mas são crias do Parque São Jorge.
Léo Príncipe, Pedro Henrique, Léo Santos e Guilherme Arana: destaques da base corinthiana (Foto: Daniel Augusto Jr)
Amanhã tem final, amanhã tem título! Logo após a partida, tem pós-jogo aqui no blog. Vamos torcer como nunca! Vai Corinthians!

0 comentários:

Postar um comentário