Pós-jogo: Corinthians 3x0 Bahia: Controle e eficiência que garantiram a vitória

♠ Publicado por Andrade em ,,,,,,, às 22:04
Jô na partida contra o Bahia (Ale Cabral/AGIF)

No confronto contra uma das surpresas do inicio da competição, o Corinthians venceu com autoridade o Bahia em Itaquera, com gols de Jô, Balbuena e Marquinhos Gabriel. O time baiano marcou seu inicio de campeonato com as boas performances de seus meio-campistas - notadamente Zé Rafael, mas não vence ha quatro partidas após o resultado adverso.

A partida começou com chances de ambos os lados. Antes do primeiro gol corintiano, o Bahia teve grande possibilidade de marcar com Zé Rafael em finalização com brilhante intervenção de Cássio. O Corinthians teve 2 boas oportunidades antes do gol - uma delas incrivelmente desperdiçada por Jô - até que um grande passe de Fagner encontrou o atacante em ótima situação para driblar Jean e tocar para o gol. Prêmio para um time que sou construir jogadas eficientes na transição ofensiva, com a bola sendo trabalhada a partir da direita para o meio ou a esquerda, onde Romero muitas vezes apareceu com espaço.

A vantagem estabelecida foi mantida ate o intervalo; em um primeiro tempo em que as duas equipes jogaram um bom futebol, o Corinthians se impôs pela qualidade de jogadores em funções chave. Jô fez o gol, Jadson apareceu com qualidade apesar de nitidamente ainda não estar no ápice da forma física e Fagner apoiou bem como sempre.

No começo da segunda etapa o time visitante manteve a posse nas primeiras movimentações. Já o Corinthians, assumiu de vez o posicionamento proposital para armar seu eficiente contra ataque.

Até que aos 11 minutos o jogo quase se complicou para o Corinthians, Gabriel, que já recebera cartão amarelo, disputou bola com Edigar Junio para a marcação da alta por parte do arbitro Dewson Freitas. Falta que não existiu, e rendeu o segundo amarelo e a consequente expulsão do jogador alvinegro. E se ele foi realmente merecedor de sair do jogo mais cedo, que fosse por outra falta feita ainda na primeira metade do jogo.

O 'quase" do parágrafo anterior não se concretizou porque quatro minutos depois Renê Junior também foi expulso; no lance o árbitro também se equivocou, atuando de forma exagerada; Dessa forma as duas equipes voltaram a ficar niveladas em número de atletas. Expulsões  que fizeram o ritmo da partida ter grande queda, com os times chegando muito menos com efetividade no ataque.

Até que aos 34  minutos uma bola parada decidiu o confronto. Escanteio bem cobrado por Fagner, o desvio de Romero no primeiro poste e a entrada livre de Balbuena, para dominar com alguma dificuldade e tocar para o gol vazio. Segundo gol do zagueiro paraguaio na competição.

Daí em diante foi fazer o tempo passar, esperando o apito final com a certeza de fechar mais uma rodada na liderança. Porém Feijão cometeu erro crasso na saída de bola e Marquinhos Gabriel ainda marcou mais um gol com muita categoria.

O Corinthians mais uma vez fez sua parte e agora as atenções estão voltadas para o difícil embate contra o Grêmio, domingo às 16h em Porto Alegre.

CORINTHIANS 3 X 0 BAHIA
Local: Arena Corinthians, São Paulo (SP)
Data-Hora: 22/6/2017 - 19h30
Árbitro: Dewson Fernando Freitas da Silva (Fifa-PA)
Auxiliares: Helcio Araujo Neves (PA) e Jose Ricardo Guimaraes Coimbra (PA)
Público/renda: 34.250 pagantes/R$ 1.504.387,20.
Cartões amarelos: Romero e Balbuena (COR), Rodrigo Becão e Allione (BAH)
Cartões vermelhos: Gabriel (COR), aos 11'/2ºT (Após o 2º Amarelo) e Renê Junior (BAH), aos 15'/2ºT (Após o 2º Amarelo)
Gols: Jô (24'/1ºT) (1-0), Balbuena (34'/2ºT) (2-0), Marquinhos Gabriel (47'/2ºT) (3-0)

CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Balbuena, Pablo e Guilherme Arana; Gabriel e Maycon; Jadson (Marquinhos Gabriel, 22'/2ºT), Rodriguinho (Camacho, aos 30'/2ºT) e Romero; Jô (Kazim, aos 36'/2ºT). Técnico: Fábio Carille.

BAHIA: Jean; Eduardo, Tiago, Rodrigo Becão e Matheus Reis; Feijão, Renê Júnior, Vinicius (Régis, aos 27'/2ºT) e Allione (Gustavo, aos 19'/2ºT); Zé Rafael e Edigar Junio (João Paulo, aos 32'/2ºT). Técnico: Jorginho.









0 comentários:

Postar um comentário