Com direito a goleada histórica e vitória no Derby, Corinthians sobrevive à semana mais difícil do ano

Jadson comemorando um de seus três gols no jogo de ontem (Foto: Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians)

Semana passada, escrevemos aqui no blog a importância da semana que viria a seguir. Seriam três confrontos importantíssimos, por três competições diferentes. O primeiro, contra o Vitória, pela Copa do Brasil. O segundo, derby contra o Palmeiras, pelo Campeonato Brasileiro. E por último, o confronto de ontem contra o Deportivo Lara, pela Libertadores.

A equipe de Fábio Carille, que recebeu proposta milionária do mundo Árabe e pode estar de saída, fez três atuações exemplares, garantindo as classificações na Copa do Brasil e Libertadores e ficando em segundo lugar no Brasileiro, com a mesma pontuação do líder, o Flamengo.

Corinthians x Vitória – classificação com C maiúsculo

No jogo do último dia 10, o Corinthians enfrentou a equipe baiana em casa, pelo jogo de volta das oitavas-de-final da Copa do Brasil. Após um empate por zero a zero no jogo de ida, uma simples vitória garantia o Timão na próxima fase.

O Corinthians dominou o primeiro tempo, criou boas chances e abriu o placar aos 39 minutos, gol de Maycon. O time seguiu dominando e aos 13 minutos e aos 21 minutos da segunda etapa, Angel Romero fez dois gols e garantiu a classificação alvinegra. Aos 32, André Lima diminuiu, com um gol de bola área (mais um que o Corinthians toma) mas não adiantou... 3 a 1, Corinthians classificado. Ótima atuação da equipe e boas atuações individuais de Romero e Pedrinho. Nesse jogo, era nítido o quão importante foi poupar alguns jogadores no jogo anterior e deu para sentir que o time melhorou por conta disso.

Corinthians x Palmeiras – vitória (mais uma) no Derby aumenta confiança

Não, não é notícia velha. Pela terceira vez no ano (e a sexta entre 2017 e 2018) o Corinthians venceu o seu maior rival. A equipe teve atuação mediana, com lindos lances individuais de Romero e Pedrinho (de novo) e bateu seu principal rival por 1 a 0, com gol de Rodriguinho (de novo), aos 37 do primeiro tempo. No segundo tempo, poderia ter aumentado a vantagem, porém o goleiro palmeirense, Jaílson, realizou boas defesas e evitou outros gols corinthianos. Mais uma vitória, mesma pontuação do líder e confiança alta. O sentimento de ganhar mais uma vez do maior rival aumentou a autoestima e a confiança do torcedor em relação ao time.

Deportivo Lara x Corinthians – atuação magistral em meio ao caos

No dia de ontem (17), caiu uma bomba no Parque São-Jorge: o clube árabe Al-Hilal estaria interessado no técnico Fábio Carille, seu auxiliar, Leandro da Silva (conhecido como Cuca) e o preparador físico Walmir Cruz, além de ter rumores que os árabes também estariam interessados no meia Rodriguinho, e fez uma proposta milionária a eles. Antes de um jogo importantíssimo, fora de casa, pela Libertadores, que uma derrota poderia significar grandes dificuldades para se classificar às oitavas-de-final da competição continental. Porém, a equipe não se abalou, e fez uma atuação que parecia ter a mensagem “Fica, Carille”!

O meia Jadson abriu o placar aos 11 da primeira etapa, em um contra-ataque fatal. Aos 32, após um pênalti ingênuo cometido pelos venezuelanos em Rodriguinho, e uma breve paralisação de 4 minutos por conta de objetos atirados em campo pela torcida local, Jadson fez mais um. Depois do segundo gol, a equipe pareceu dar uma relaxada e tomou o gol aos 46 da primeira etapa. Logo no início do segundo tempo, Jadson fez o terceiro, algo que não acontecia com um jogador do Corinthians desde 01/04/2015, quando Paolo Guerrero também fez 3 gols. Após o terceiro gol, a torcida venezuelana, novamente, atirou objetos ao gramado, dessa vez, mirando o goleiro corinthiano, Cássio. O árbitro decidiu paralisar o jogo por 12 minutos. Quando o jogo retornou, o Deportivo Lara abriu e Sidcley fez o quarto aos 25 minutos, em um lance com o gol aberto. Sete minutos depois, a equipe de Cabudare diminuiu, com Jesús Hernandez. Aos 37, Romero, após belo cruzamento de Mantuan, fez um gol de “bike”, aumentando para 5 a 2. Ainda deu tempo de Júnior Dutra entrar e fazer mais dois, finalizando a goleada por 7 a 2. Com essa vitória de ontem, o Corinthians se tornou o primeiro time da história da competição a fazer sete gols fora de casa. Além de golear, o Corinthians ainda garantiu sua classificação às oitavas-de-final da competição. Dava para sentir que a equipe melhorou muito nos últimos jogos e que a goleada apenas coroou essa melhora.

A minha expectativa para os próximos jogos, contra Sport (Campeonato Brasileiro) e Millionarios (Libertadores) é que a equipe faça boas atuações e garanta pelo menos mais um ponto contra a equipe pernambucana e confirme a primeira colocação no grupo contra o Millionarios.

E você, torcedor, o que achou? Quais são suas expectativas para os próximos jogos? Comente!
Siga-nos no Twitter: @blogfielsccp

0 comentários:

Postar um comentário