Fábio Carille: a prova que o dinheiro venceu o amor à camisa

♠ Publicado por Arthur Kartalian em ,,, às 22:01
Fábio Carille agradecendo a Fiel Torcida na festa pós-título do Campeonato Brasileiro (Foto: Reprodução)

"Era uma proposta para sair agora. Não sei qual clube que era, só sei que era para a China. Mas chance nenhuma de sair do Corinthians. Só saio do Corinthians quando for mandado embora. Pode vir um caminhão de dinheiro" disse o então treinador do Corinthians, Fábio Carille, no dia 17/07/2017. Porém, bastou-se apenas 309 dias e uma proposta milionária do mundo árabe para essa frase ir para os ares: o treinador anunciou hoje, 22/05/2018, que saíra do Corinthians para ir rumo ao clube árabe, Al-Wehda, recém promovido à primeira divisão da Arábia Saudita.

Cifras acima da gratidão e voos mais altos.

Um dos principais pontos que Carille disse para ficar no Corinthians era a “gratidão”. Afinal, foi o clube que lhe deu sua primeira oportunidade como treinador efetivo de uma equipe principal de futebol. Após praticamente um ano e meio com o técnico de 44 anos no comando da equipe, o clube venceu três títulos, incluindo um bicampeonato paulista, algo que não acontecia desde a época da famosa Democracia Corinthiana.

O Al-Wehda, clube que Carille irá, é recém promovido à elite árabe e tem apenas um título na sua história, sendo este na década de 1960. São mais de 58 anos sem um título sequer. Apenas como treinador do Corinthians, Carille tem 3 vezes mais títulos. Qual projeto seria esse que ele aceitou? Claramente, o dinheiro foi o único fator para a decisão do técnico. Anos e anos enchendo o bolso compensam mais que grandes títulos?

Confiamos em você. E você nos traiu.

No último domingo, escrevemos aqui no blog que as coisas mudarame talvez Carille ficasse, e perguntamos até quando. Mal sabíamos que seria apenas até a próxima terça.

No mesmo dia, na coletiva de imprensa pós-jogo contra o Sport, Carille declarou que “grande parte da imprensa mente”, que não havia nenhuma proposta oficial do Al-Hilal (outro clube árabe que Carille estava sendo sondado) e pediu a Fiel Torcida para confiar nele. E confiamos.

Passamos as próximas 36 horas criticando a imprensa, que já dava como certa a saída de Carille para o clube árabe. Foi uma declaração polêmica, tão polêmica que a ACEESP (Associação dos Cronistas Esportivos do Estado de São Paulo) repudiou a declaração do treinador e o mesmo pediu desculpas, por meio de nota oficial publicada hoje.


E hoje, por volta das 20:30, recebemos a notícia que você tinha saído, que tudo o que você disse e pediu para nós domingo, não valia de nada.

Pode ir, Carille... muito obrigado por tudo. Porém, de mercenários, aqui, nós não necessitamos. O Corinthians é maior que tudo isso.

Siga-nos no Twitter: @blogfielsccp



0 comentários:

Postar um comentário